• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Pereira Rosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Contel, Fabio Betioli (Presidente)
Arroyo, Maria Mónica
Costa, Pierre Alves
Silva, Catia Antonia da
Valverde, Rodrigo Ramos Hospodar Felippe
Título em português
De cidade-dormitório à centralidade da grande cidade periférica: trabalho, consumo e vida de relações de São Gonçalo na Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RJ)
Palavras-chave em português
Centralidade periférica
Cidade-dormitório
São Gonçalo
Resumo em português
São Gonçalo figura entre uma das maiores aglomerações da rede urbana brasileira. Polarizada em nível metropolitano pelo Rio de Janeiro e também pela cidade de Niterói, experimentou um período e desenvolvimento endógeno ligado ao bom desempenho da atividade industrial até os anos 1960. A partir deste período, no contexto de crise no estado do Rio de Janeiro e intensificação dos deslocamentos para as duas cidades mais dinâmicas da área metropolitana, ficou conhecida como cidade-dormitório, graças em grande parte pelo fato da cidade promover os maiores deslocamentos pendulares do país. São Gonçalo continua a ser uma cidade-dormitório? Quais elementos atestam um maior dinamismo na cidade? Esta parcela da metrópole pode ser considerada uma centralidade, ainda que periférica? A grande periferia é habitada exclusivamente por população de baixa renda? Estes são os principais questionamentos que procuramos responder, compreendendo o papel de São Gonçalo e analisando seu tratamento como subúrbio e como periferia-dormitório. Através da realização de ampla revisão bibliográfica, pesquisa documental e trabalhos de campo, verificou-se que sempre existiu grande complexidade da divisão do trabalho local na cidade, cujo dinamismo interno permite constatar que este aglomerado se constitui numa centralidade periférica.
Título em inglês
From dormitory city to great peripheral centrality: work, consumption and a life of relationship of São Gonçalo in Metropolitan area of Rio de Janeiro, (RJ)
Palavras-chave em inglês
Dormitory-city
Peripheral centrality
São Gonçalo
Resumo em inglês
São Gonçalo is one of the largest agglomerations of the Brazilian urban network. Polarized at metropolitan level in Rio de Janeiro and also in the city of Niterói, experienced a period and endogenous development linked to the good performance of industrial activity until the 1970s. From this period, in the context of crisis in the state of Rio de Janeiro and intensification of the displacements to the two most dynamic cities of the metropolitan area, became known as a dormitory city, thanks in large part to the fact that the city is among the largest commuting in the country. Is São Gonçalo still a dormitory city? What elements attest a greater dynamism in the city? Can this peripheral city be considered a metropolitan center? The large periphery is the place exclusively of low-income residents? These are initial questions that we seek to answer, understanding the role of this city and inferring trends for large urban agglomerations. It analyzes the different functions performed by the city, its treatment as a suburb and as a periphery-dormitory, seeking to understand through work, consumption and life relations, indicative of the role of this city in the metropolitan area.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.