• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2011.tde-23042012-134329
Documento
Autor
Nome completo
Mirian Terezinha Mundt Demamann
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Suzuki, Julio Cesar (Presidente)
Martinelli, Marcello
Raffo, Jorge Gustavo da Graca
Silva, Carlos Alberto Franco da
Vitte, Claudete de Castro Silva
Título em português
Rondonópolis-MT: campo, cidade e centralidades
Palavras-chave em português
campo-cidade
centralidades
expansão urbana
modernização
Resumo em português
A ocupação urbana de Rondonópolis, até a década de 1970, restringia-se ao Centro Principal e seu entorno com predomínio da atividade residencial. Com o aumento da produção no campo, a área urbana demandava novos serviços, profissionais, além de novos espaços para moradia e instalação das atividades relativas ao comércio e prestação de serviços. Assim, objetivamos analisar as mediações existentes entre a modernização no campo e a produção do espaço urbano de Rondonópolis, particularmente após a década de 1980, tomando como referência a participação dos promotores imobiliários na produção de centralidades, a partir de dados censitários, mapeamentos, entrevistas e séries fotográficas. Durante a década de 1980, foram implantados no tecido urbano o maior número de conjuntos habitacionais e loteamentos de iniciativa particular e, públicos financiados pelo Sistema Financeiro de Habitação. Tal situação contribuiu para a criação de condições para que os promotores imobiliários e proprietários fundiários expandissem a área loteada, nem sempre edificada, intercalada aos grandes vazios urbanos, com terrenos baldios destinados à espera de valorização. As vilas formavam um arco contornando o Centro Principal e eram ocupadas por população com atividade no centro urbano, no campo ou dela proveniente, atraindo cada vez mais a massa trabalhadora para a cidade, elevando a taxa de crescimento urbano, entre 1980 e 1991, com incremento de 74%. As novas áreas intraurbanas apresentam certo grau de heterogeneidade entre elas, pois a área central da cidade alterou-se com o surgimento das avenidas especializadas e do Rondon Plaza Shopping Center, distantes do Centro Principal. O entorno dessas áreas favorece ao crescimento horizontal e vertical, com aparecimento de novos espaços de consumo, mudando a estrutura interna da cidade, passando de monocêntrica para a cidade multi(poli)cêntrica. A descentralização das atividades econômicas em Rondonópolis é um processo ainda não concluído, mas demonstra uma tendência pela dinâmica econômica, políticas locais e regionais e, pela infraestrutura e evolução industrial, caminhando para a formação de novas centralidades.
Título em inglês
Rondonópolis - MT: country, city and centralities
Palavras-chave em inglês
centralities
countryside-city
modernization
urban expansion
Resumo em inglês
The urban occupation of Rondonópolis, until the 1970s, was reduced to the city center and its surroundings with the predominance of the residential activity. With the growth in the countrysides production, the urban area required new professional services, besides new spaces for housing and construction of activities related to the commerce. In this way, we aim to analyze the existent mediation between the modernization in the countryside and the development of the urban space in Rondonópolis, mainly after the 1980s, taking as a reference the involvement of real state brokers in the development of centralities, beginning from the computation of inhabitants data, mappings, interviews and photographical sets. During the 1980s, a greater number of housing buildings as well as private and public divisions of lands was created, financed by the Housing Financial System. Real state brokers and landlords have enlarged their lands, not always constructed, intercalated by great empty urban lands, with vacant lots waiting for valorization. The villages made an arch surrounding the city center and were occupied by population with activities in the urban center or in the countryside, attracting each time more workers to the city, raising the urban development rate, between 1980 and 1991, with increment of 74%. The new intraurban areas present a certain degree of heterogeneity among them, because the central area of the city has changed with the development of specialized avenues and Rondon Plaza Shopping Center, far away from the main city center. The surrounding of these areas favours the vertical and horizontal development, with the beginning of new consuming spaces, changing the internal structure of the city which was monocentric and started to be multi(poly)centric. The decentralization of the economical activities in Rondonópolis is still an unconcluded process, however it demonstrates a tendency for the economical dynamics, local and regional politics and, for the industrial infrastructure and evolution, leading for the constitution of new centralities
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-04-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.