• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-24042014-112924
Documento
Autor
Nombre completo
Lucinda Bittencourt Thesbita
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2013
Director
Tribunal
Fonseca, Fernanda Padovesi (Presidente)
Almeida, Regina Araujo de
Sena, Carla Cristina Reinaldo Gimenes de
Título en portugués
Mapa tátil como recurso de acessibilidade à cidade: um estudo de caso na estação do metrô Santa Cruz da cidade de São Paulo
Palabras clave en portugués
Acessibilidade
Cartografia tátil
Cidadão
Mobilidade
Pessoa com deficiência visual
Resumen en portugués
O direito à cultura, ao território, ao espaço deve estar disponível aos cidadãos. Quando um ambiente não apresenta recursos necessários para a orientação e mobilidade das pessoas com deficiência, dificulta a acessibilidade e restringe à estas o acesso a direitos básicos, ferindo portanto a cidadania destes indivíduos. Há a necessidade de recursos apropriados que facilitem a orientação destes grupos de indivíduos ao longo de seus percursos. No entanto, nem sempre esses recursos encontram-se nos locais necessários, e muitas vezes quando se encontram, não foram produzidos levando-se em consideração as necessidades das pessoas com deficiência visual. Dentro das possibilidades de recursos existentes auxiliadores da mobilidade das pessoas com deficiência visual encontra-se o mapa tátil. O mapa tátil promove a acessibilidade de pessoas com deficiência visual. Encontra-se diretamente relacionado à discussão geográfica de urbanidade, que se refere ao acesso à cidade, ao ser cidadão na cidade. Se relaciona desta forma com apontamentos referentes ao conhecimento e apropriação do espaço, do formar-se cidadão e de ser efetivamente cidadão na cidade. É, portanto uma discussão bastante significativa para a geografia. Nesta perspectiva, a presente pesquisa buscou, avaliar o mapa tátil presente na estação Santa Cruz do Metrô, da linha azul do município de São Paulo, como recurso de acessibilidade. Desta maneira, contou com a aplicação de entrevistas que foram realizadas com 6 voluntários, que possuem conhecimento do entorno da estação, bem como leitura braile. Realizaram-se entrevistas de maneira individual no intento de que as respostas não interferissem uma na outra. Posteriormente foram feitas análises destas entrevistas e verificou-se que os entrevistados são auxiliados por este recurso de maneira mais significativa, à medida que são maiores seus conhecimentos prévios sobre a área retratada no mapa. Sendo assim, este mapa tátil aparece, entre os entrevistados, como importante recurso no auxílio à acessibilidade. Verificou-se, a partir disso, que estes entrevistados estabeleceram relação entre seus conhecimentos prévios (da área mapeada) e os objetos representados. No entanto, há mudanças a serem feitas na representação visando potencializar o uso deste recurso, já que as pessoas com deficiência visual que não lêem braile, ou não conhecem a área, possivelmente enfrentarão dificuldade para lidar com o mesmo.
Título en inglés
Tactile map as an accessibility resource the city: a case study in the Santa Cruz subway station in the city of São Paulo
Palabras clave en inglés
Accessibility
Citizen
Mobility
Tactile cartography
Visual impairment people
Resumen en inglés
The right to the culture, to the territory, to the space must be available to the citizens. When an ambient does not presents resources to the orientation and mobility of the disabled people it hinders accessibility and it restrict people to access these rights, and this injure the citizenship of these people. For people with visual impairment there is a need of appropriate resources that make easier their orientation throughout their routes. However, not always these resources are in the required locals and many times they have not been produced taking into account their needs. Among the possibilities of resources for visual impairment people there is the tactile map. The tactile map related to the accessibility of visual impairment people is inserted in the urbanity geographical discussion that deals with the access to the city, with to be a citizen in the city. That is, it relates with notes about the knowledge and appropriation of space, about to be a citizen in the city, so this is an important discussion to Geography. In this perspective the present research sought to evaluate the tactile map in the Santa Cruz subway station, in blue line of the São Paulo municipality, as an accessibility resource. Thus we interviewed six volunteers that know the surrounding of the station and reading Braille. The interviews were made individually to the answers do not interfere with each other. Later we analyzed these interviews and verified that the interviewees are more assisted by this resource if they have a previous knowledge about the area depicted on the map. So this tactile map is an important resource in the assistance to the accessibility for the interviewees. It is from this, that these interviewees established relations between their previous knowledge (of the mapped area) and the objects represented. But it is necessary to modify some things in the representation aiming intensifying the use of this resource once the visual impairment people that cannot read Braille or do not know previously the area, possibly will have difficulty to deal with it.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2014-04-24
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.