• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-09092011-103617
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Felipe di Carlo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Bacellar, Carlos de Almeida Prado (Presidente)
Motta, Jose Flavio
Valentin, Agnaldo
Título em português
Exportar e abastecer: população e comércio em Santos, 1775-1836
Palavras-chave em português
Açúcar paulista
Demografia histórica
Economia portuária
Estrutura fundiária
Grandes escravistas
Posse de escravos
Resumo em português
Esta dissertação tem por objetivo entender como o crescimento econômico paulista a partir da década de 1760, provocado a partir das medidas do Morgado de Mateus, refletiu-se na economia, na população, nos domicílios e na distribuição da riqueza em Santos, o principal porto da capitania de São Paulo. Também buscamos relacionar os grandes escravistas santistas a fim de acompanhar suas atividades econômicas e suas inter-relações. É neste período que houve medidas de monopólio a favor do porto santista, a melhora da estrada da Serra do Mar, com a construção da Calçada de Lorena, e a ampliação do comércio portuário, de abastecimento e exportação, instigado pela expansão da lavoura canavieira no Oeste Paulista. Para mensurar as características santistas, primeiramente o perfil portuário é delineado e, a seguir, comparado com o restante da capitania/província a fim de identificar as suas especificidades.
Título em inglês
Export and supply: population and commerce in Santos, 1775-1836
Palavras-chave em inglês
Agrarian structure
Biggest slavehonders
Historical demography
Paulista sugar
Port economy
Slaveholding
Resumo em inglês
This thesis has the objective to understand how Sao Paulo economic growth of the 1760s, triggered from the measurements of the Morgado de Mateus, was reflected in the economy, population, households and the distribution of wealth in Santos, the main port of capitania of São Paulo. We also seek to relate the large slaveholders santistas to monitor economic activities and their interrelationships. It was on that moment that were monopoly measures for the port of Santos, the improvement of the road to Serra do Mar, with the construction of the Calçada de Lorena, and expansion of port commerce, supply and export, instigated by the expansion of sugar production in Oeste Paulista. To measure the characteristics of Santos, firstly the port profile is delineated and, then, compared with the rest of capitania/província to identify the specific characteristics.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-09-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.