• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.8.2012.tde-09112012-112937
Documento
Autor
Nombre completo
Daniel Henrique Diniz Barbosa
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2012
Director
Tribunal
Nozoe, Nelson Hideiki (Presidente)
Fonseca, Pedro Cezar Dutra
Godoy, Marcelo Magalhães
Pires, Julio Manuel
Saes, Flavio Azevedo Marques de
Título en portugués
Tecnoburocracia e pensamento desenvolvimentista em Minas Gerais (1903-1969)
Palabras clave en portugués
Corpo técnico
Desenvolvimentismo
Economistas
Engenheiros
Minas Gerais
Planejamento econômico
Resumen en portugués
Este trabalho se propõe a abordar a construção de um conjunto de estratégias voltadas ao desenvolvimento econômico do estado de Minas Gerais a partir, especialmente, do início do século XX e sobretudo da atuação de uma elite tecno-burocrata que, originalmente, foi composta pelos engenheiros formados pela Escola de Minas de Ouro Preto e, posteriormente, por engenheiros formados principalmente pela Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais e, por fim, pelos economistas graduados pela Faculdade de Administração e Ciências Econômicas da mesma universidade. Procura, neste sentido, discutir a possibilidade de ter surgido, em Minas, agenda dedicada ao planejamento da economia e à intervenção por parte do poder público já desde o princípio do século XX. Nela, elementos como a modernização agrícola, a diversificação produtiva, o ensino técnico e profissionalizante, a exploração mineral e a implantação da grande siderurgia forjaram uma consciência regional que percebia, no Estado, seu formulador, organizador e financiador primordial e, notadamente no corpo técnico, seu mais perfeito executor. O trabalho também procura abordar como essa consciência regional se constrói na oposição estabelecida com países ou regiões desenvolvidas, pautando as estratégias regionais sempre por constante e reafirmada avaliação de atraso relativo da economia mineira. Discorre sobre os mecanismos de mobilização desta agenda, por meio da análise de planos regionais de desenvolvimento que se sucedem entre as décadas de 1930 e 1960, bem como sobre as estratégias estabelecidas pelo corpo técnico encetam transformações no percurso da construção política do desenvolvimento econômico regional. Aborda, por conseguinte, as próprias nervuras deste corpo técnico, intentando percebê-lo em suas contradições e, sobretudo, nas articulações institucionais que sustentam suas atuações e suas leituras sobre o desenvolvimento regional. Para tanto, baseia o trabalho em pesquisa bibliográfica atinente ao tema estudado e no aparato documental compilado e analisado referências apresentadas ao final deste volume.
Título en inglés
Technical bureaucracy and developmentalist thought in Minas Gerais (1903-1969)
Palabras clave en inglés
Developmentalism
Economic planning
Economists
Engineers
Minas Gerais
Technical corps
Resumen en inglés
This work discusses the construction of a set of strategies focused on economic development of the state of Minas Gerais, especially after the start of the 20th century, and above all, the work of a techno-bureaucratic elite that was originally composed of engineers with degrees from Escola de Minas de Ouro Preto (Ouro Preto School of Mines), and later, of engineers mainly from the Engineering School at Universidade Federal de Minas Gerais, and finally, of economists with degrees from the Business Management and Accounting College of that same university. The work examines the possibility that an agenda dedicated to economic planning and to government intervention since the beginning of the 20th century may have arisen in Minas. In it, elements like agricultural modernization, diversification of production, technical and professional teaching, mineral exploration and the implementation of a major steelmaking industry forged a regional consciousness that saw, in the State, its primary formulator, organizer and financier, and notably in its technical corps, it most perfect executor. This study also examines how this regional awareness is built in the opposition established with developed counties or regions, guiding regional strategies by a constant and reaffirmed evaluation of the relative backwardness of the economy in Minas. It discusses the mechanisms for mobilization of this agenda, through the analysis of successive regional development plans between the 1930s and 1960s, and how the strategies established by the technical corps inaugurating transformations into the path of political construction of the regional economic development. Finally, it examines the very nerves of this technical corps, attempting to see their contradictions, and above, all, their institutional articulations that serve as the basis for their activity and their reading on regional development. To achieve this, the work is based on bibliographic research of the topic studied and on the documents compiled and analyzed, with references presented at the end of this volume.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2012-11-09
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.