• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-03012008-120549
Documento
Autor
Nombre completo
Maicon Vinícius da Silva Carrijo
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2007
Director
Tribunal
Iumatti, Paulo Teixeira (Presidente)
Junqueira, Mary Anne
Pontes, Heloisa André
Título en portugués
O Brasil e os brasilianistas nos circuitos acadêmicos norte-americanos: Thomas Skidmore e a história contemporânea do Brasil
Palabras clave en portugués
Brasilianismo
Historiografia
Thomas Skidmore
Resumen en portugués
O interesse pelos antecedentes hispânicos estadunidenses foi uma das causas que deram origem à historiografia norte americana sobre a América Latina; no início, muito dedicada às regiões de fronteira. A posterior ampliação dos estudos e do enfoque para temas de todos os países guarda relação com motivações vindas, muitas vezes, das preocupações da política exterior estadunidense para a área. Imersos nesse grupo, os primeiros estudos sobre o Brasil ganharam vida nos Estados Unidos perto de 1930 e um grande vigor a partir de 1959, em virtude da Revolução Cubana. O objetivo do presente trabalho é analisar o desenvolvimento das pesquisas sobre a história brasileira produzidas nos Estados Unidos, aqui conhecidas pelo termo brasilianismo, buscando, principalmente, refletir sobre a sua posição em relação à dos demais países latino-americanos e, ao mesmo tempo, entender a obra sobre o Brasil de maior repercussão de um importante membro do grupo: o historiador Thomas Elliot Skidmore. Tal estudo se justifica na medida em que o mencionado autor foi um dos elementos fundamentais no processo de consolidação dos estudos brasileiros nos Estados Unidos. Representante mais conhecido dos brasilianistas que vieram para o Brasil após o impulso dado pela Revolução Cubana, Thomas E. Skidmore escreveu, em 1967, sua primeira obra sobre a política brasileira de 1930 a 1964. A importância do seu livro para a historiografia e o público leitor brasileiro, assim como de outras obras brasilianistas, está relacionada ao seu ineditismo no que se refere à abordagem do passado republicano a partir de 1930, mas sua análise interna permite captar seus posicionamentos em relação às várias correntes presentes no campo como a teoria da modernização.
Título en inglés
Brazil and the brazilianists in the North American academic circles: Thomas Skidmore and the contemporary history of Brazil.
Palabras clave en inglés
Brazilianism
Historiography
Thomas Skidmore
Resumen en inglés
The interest in North American Hispanic antecedents was one of the reasons that originated the North American historiography about Latin America, at the beginning, very dedicated to regions of frontier. The subsequent extension of studies and approach in themes of all countries keep in touch with motivations, many times, derivated from worries about foreign policies with the area. Immersed in this group, the firsts studies about Brazil came to life in the United States about 1930 and had a great vigor from 1959 due to Cuban Revolution. The aim of this current work is to analyze the development of researches about the Brazilian history produced in the United States, here known as "brasilianismo", trying to reflect, mainly, about its position in relation to the others Latin American countries and, at the same time, to understand the work on Brazil of larger repercussion of an important member of the group: the historian Thomas Elliot Skidmore. Such study justifies itself in proportion to the mentioned author was one of the fundamental elements at the consolidation process of the Brazilian studies in the United States. He was the representative more known among the brazilianists who came to Brazil after the Cuban Revolution impulse, Thomas E. Skidmore wrote, in 1967, his first work about Brazilian policy from 1930 to 1964. The importance of his book to the historiography and the Brazilian reader, as other brazilianists books, is related to his unpublished work in that it refers to the approach of the republican past starting from 1930, but its internal analysis allows to capture its positionings in relation to the several present currents in the field as the modernization theory.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2008-01-16
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.