• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2019.tde-04042019-125418
Documento
Autor
Nome completo
José Francisco Guelfi Campos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Camargo, Ana Maria de Almeida (Presidente)
Leitão, Bárbara Júlia Menezello
Oliveira, Lucia Maria Velloso de
Vitoriano, Marcia Cristina de Carvalho Pazin
Título em português
Recortes de jornal: da prática social aos arquivos
Palavras-chave em português
Arquivologia
Arquivos pessoais
Glossário
Recortes de jornal
Tipologia documental
Resumo em português
Geralmente considerados material de segunda classe, os chamados recortes de jornal têm sido frequentemente marginalizados no plano do tratamento documental. Entretanto, sua presença nos arquivos, não raro formando conjuntos volumosos, é inegável e impõe desafios e dilemas aos arquivistas e profissionais que se dedicam a organizá-los e descrevê-los. Neste sentido, um dos problemas mais sensíveis tem sido o reconhecimento das espécies e tipos documentais resultantes da atividade jornalística, geralmente denominadas, nos instrumentos de pesquisa, de forma genérica e inadequada. Alinhando conceitos e noções da arquivística, da diplomática, das ciências da comunicação e da linguagem, procuramos identificar as espécies documentais usualmente encontradas sob a forma de recortes nos arquivos, definindo-as em glossário. Procuramos, ainda, reconhecer a condição arquivística e o caráter instrumental dos recortes de jornal, examinando, a partir de exemplos observados em arquivos pessoais, a lógica de sua acumulação como reflexo de uma prática social cujas origens remetem a uma tradição muito mais antiga do que se supõe.
Título em inglês
Newspaper clippings: from a social practice to the archives
Palavras-chave em inglês
Archival science
Contemporary diplomatics
Glossary
Newspaper clippings
Personal archives
Resumo em inglês
Usually considered as second-class material, the so-called newspaper clippings have been marginalized at the level of archival processing. However, their existence in the archives is unquestionable and challenges archivists and other professionals who organize and describe them. In this sense, one of the most sensitive problems has been the identification of the forms resulting from journalistic processes, usually named in generic and inadequate ways in archival finding aids. By aligning concepts and notions from the fields of Archival Science, Diplomatics, Communication, and Language, this study aims to detect the forms usually named generically as clippings and to define them in a glossary. It also seeks to reaffirm the archival condition and the instrumental character of newspaper clippings, considering the accumulation of such material as the reflection of a social practice rooted in an ancient tradition.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.