• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2017.tde-06062017-132617
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Gustavo Aubert
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Dantas, Monica Duarte (Presidente)
Dolhnikoff, Miriam
Ferreira, Gabriela Nunes
Grinberg, Keila
Junqueira, Mary Anne
Título em português
'Fazermo-nos fortes, importantes e conhecidos': o Visconde do Uruguai e o direito das gentes na América (1849-1865)
Palavras-chave em português
Amazonas
Diplomacia
Guerra
Legações
Rio da Prata
Resumo em português
Paulino José Soares de Souza, visconde do Uruguai atuou fortemente no âmbito da política externa do Brasil Império no período compreendido entre 1849 e 1865. Apesar de já ter ocupado o Ministério dos Negócios Estrangeiros entre 1843 e 1844, é somente a partir de sua segunda gestão à frente da referida pasta que se pode vislumbrar a adoção de uma política exterior mais ativa. Grande parte da historiografia considera o ano de 1849 como um ponto de inflexão na política exterior do Império, que se até então lidava com questões pontuais, passou a ter uma atuação mais ampla. Saindo do ministério em 1853, não deixou de ser figura central na área, sendo membro atuante da Seção de Justiça e Negócios Estrangeiros do Conselho de Estado, além do papel que cumpriu nas discussões acerca da abertura do rio Amazonas à navegação estrangeira. Ainda que a historiografia já tenha se dedicado a analisar as questões externas do governo imperial (mas dando preferência a tratamentos pontuais), e também a própria atuação política de Paulino de Souza, nenhum trabalho se debruçou especificamente sobre as concepções de política externa do futuro visconde, e tampouco sua importância singular para essa reconfiguração da atuação brasileira frente às nações estrangeiras, e que marcaram os rumos da política externa nas décadas subsequentes (e nas quais se envolveu diretamente até 1865).
Título em inglês
  "Make ourselves strong, important, and well-known": the viscount of Uruguay and the International law in America (1849-1865)
Palavras-chave em inglês
Amazon
Diplomacy
Embassies
River Plate
War
Resumo em inglês
Paulino José Soares de Souza, Viscount of Uruguay, played a strong role in the Brazilian Empire's foreign policy in the period between 1849 and 1865. Despite having already occupied the Ministry of Foreign Affairs between 1843 and 1844, it is only from his second time in the administration that we can see the adoption of a more active foreign policy. Much of the historiography considers the year 1849 as a turning point in the foreign policy of the Empire, which until then dealt with specific issues, began to have a broader role. Leaving the government in 1853, he was a central person in the area, being an active member of the Justice and Foreign Affairs Section of the Council of State, as well as the role he played in the discussions about the opening of the Amazon River to foreign navigation. Although historiography has already been dedicated to analyzing the external issues of the imperial government (but giving preference to punctual treatments), and also the political performance of Paulino de Souza there is no work that focus specifically on the foreign policy conceptions of the future Viscount, nor his singular importance of this reconfiguration of Brazilian action vis-a-vis foreign nations and which marked the course of foreign policy in subsequent decades (and in which he became directly involved until 1865).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.