• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.8.2006.tde-06072007-111404
Document
Author
Full name
Marcos Antonio Lopes Veiga
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 2006
Supervisor
Committee
Novinsky, Anita Waingort (President)
Beresin, Jaffa Rifka
Gadelha, Regina Maria D'Aquino Fonseca
Title in Portuguese
"A Inquisição e o Labirinto Marrano": cultura, poder e repressão na Galiza (séculos XVI e XVII)
Keywords in Portuguese
Espanha
Galiza
Inquisição
Marranismo
Visitações
Abstract in Portuguese
O objetivo desta dissertação consiste em demonstrar a existência de um "labirinto" na condição do "ser marrano" que está atrelado a uma situação de perseguição que se comprova pela comparação entre as causas despachadas nas visitações do Santo Ofício, e as causas efetivamente julgadas ou continuadas no âmbito do tribunal. Este labirinto é constituido por duas faces. Uma, objetiva, forma-se através das acusações pelo crime de judaísmo, pelos critérios de julgamento iterpostos na situação de julgamento, no ato de inquirição, no caso da perseguição nas visitações ou do julgamento no tribunal. Outra, subjetiva, reside na experiência de uma condição de divisão do próprio ego do marrano. Como decorrência desta perseguição, esta divisão atinge as estruturas sociais que lhe acessoram, modificando instâncias tais como a família e o grupo marrano em suas diversas configurações.
Title in Spanish
"La inquisición y el labirinto marrano": cultura, poder y repression na Galiza (sécs. XVI e XVII)"
Keywords in Spanish
España
Galicia
Inquisición
Marranismo
Visitas
Abstract in Spanish
El objectivo de este trabajo consiste en demostrar la existencia de un "labirinto" en la condición del "ser" marrano ligado a una situación de persecución que se comprueba por la comparación entre las causas despachadas en las visitas del Santo Oficio y las causas efectivamente juzgadas o continuadas en el ámbito del tribunal. Este labirinto es constituido por dos anversos. Uno, objectivo, se forma través de las acusaciones por el crimen de judaísmo, por los criterios de juzgamiento iterpuestos en una situación de juzgamiento, en el acto de inquirición, en el caso de la persecución en las visitas o del juzgamiento en el tribunal. Otra, subjectiva, reside en la experiencia de una condición de división del propio ego del marrano. En decorrencia de esta persecución, esta división atinge las estructuras sociales que le acesoran, modificando instancias tales como la familia y el grupo marrano en sus diversas configuraciones.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2007-10-15
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
Centro de Informática de São Carlos
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2020. All rights reserved.