• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2016.tde-09052016-100840
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Almeida de Macedo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Leonzo, Nanci (Presidente)
Albieri, Sara
Borges, Fernando Tadeu de Miranda
Mendes, Marcel
Saes, Alexandre Macchione
Título em português
Mato Grosso: governo, política e sociedade (1977-2010)
Palavras-chave em português
História de Mato Grosso
Identidades
Movimento divisionista
Planejamento Governamental
Resumo em português
A presente tese de doutorado tem por objetivo retratar em um plano paralelo e comparativo, as ações de governo, a atividade política e o perfil da sociedade das regiões Norte e Sul do estado de Mato Grosso uno ao longo dos anos que antecederam sua divisão, que ocorreu em 1977, e no período pós divisão, até 2010. O trabalho está organizado em duas partes. A primeira se inicia com a descrição das disputas intra-oligárquicas pelo poder de mando em Mato Grosso entre a Proclamação da República, em 1889, e a eclosão da Revolução de 1930. A narrativa enfoca os fatos históricos que marcaram o debate divisionista entre as elites dirigentes do Norte e Sul do estado e abalaram a estabilidade política de Cuiabá enquanto capital. Inicialmente, Corumbá surgiu como rival e como opção de capital para Mato Grosso; em um segundo momento Campo Grande passa a ocupar esta posição. A pesquisa estabelece uma relação entre acontecimentos emblemáticos como a instalação da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil e a Revolução Constitucionalista de 1932 e a ulterior efetivação da divisão; demonstra que a partir da instauração do Estado Novo, o governo autoritário promoveu a ocupação de espaços vazios em prol da segurança nacional e aliou seu projeto de Brasil Potência aos interesses da elite agrária sul-mato-grossense, o que impulsionou decisivamente o desmembramento do estado. Em relação a esta hipótese a tese se debruça sobre os Manuais da Escola Superior de Guerra (ESG), e, ancorada na historiografia especializada sobre o Governo Militar, sustenta a afirmação de que a divisão de Mato Grosso foi amplamente inspirada nos conceitos da geopolítica nacional vigentes naquele momento. Esta estrutura geopolítica, que conferiu coerência doutrinária às ações de reconfiguração territorial do país, foi erigida sobre os fundamentos da segurança nacional e do desenvolvimento, conceitos elaborados pelos militares e amplamente aplicados durante o governo autoritário. Acompanha esta análise o estudo da fusão dos estados do Rio de Janeiro e da Guanabara, ocorrida em 1975 através da Lei Complementar 20/75. A avaliação comparativa entre o desmembramento de Mato Grosso e a fusão dos estados litorâneos expôs os intrincados contornos políticos e interesses econômicos permeando a decisão governamental de se alterar a composição federativa do país. Na segunda parte da tese são analisadas a construção e manutenção da multifacetada identidade do povo mato-grossense contemporâneo, formada e transformada a partir das novas territorializações ocasionadas pelo intenso fluxo migratório destinado ao estado de Mato Grosso, especialmente durante os anos setenta. Em sua etapa final, a pesquisa examina informações, índices e vetores socioeconômicos coletados em diversos bancos de dados oficiais. A análise dos indicadores da atividade econômica revela que Mato Grosso cresceu economicamente após a divisão e atualmente a unidade federativa se apresenta como estado brasileiro líder na produção agropecuária. Não obstante, se verifica uma grande discrepância entre os elevados índices de crescimento econômico e as reduzidas taxas de desenvolvimento social. Esta conclusão sugere que entre o último quartel do século XX e os anos iniciais do século XXI, a evolução econômica regional em Mato Grosso decorreu de um modelo desenvolvimentista desequilibrado, e que se mantém heterogêneo e desigual no espaço intra-regional, com a coexistência de ilhas de crescimento e áreas com reduzidas perspectivas de desenvolvimento.
Título em inglês
Mato Grosso: government, politics and society (1977 2010)
Palavras-chave em inglês
Government planning
History of Mato Grosso
Identities
Secessionist movement
Resumo em inglês
This doctoral thesis aims to portray in a parallel and comparative plan, government actions of the political activity and the profile of the society of the North and South of Mato Grosso one state over the years before his division, which occurred in 1977, and after division period until 2010. The work is organized in two parts. The first begins with the description of the intra-oligarchic power struggles of command in Mato Grosso between the Proclamation of the Republic in 1889 and the outbreak of the Revolution of 1930. The narrative focuses on the historical events that marked the divisive debate among elites North and South leaders of the state and rocked the Cuiabá political stability as capital. Initially, Corumbá emerged as a rival and as capital option for Mato Grosso; in a second moment, Campo Grande comes to occupy this position. The research establishes a relationship between iconic events as the installation of the railroad northwest of Brazil and the Constitutionalist Revolution of 1932 and the subsequent execution of the division. It shows that from the Estado Novo, the authoritarian government promoted the occupation of "empty spaces" for the sake of national security and allied his project "Brazil power" to the interests of South Mato Grosso landed elite, which decisively boosted the state of dismemberment. In relation to this hypothesis the thesis focuses on the manuals of the Superior School of War (ESG), and anchored in the historiography specialized on the Military Government, supports the contention that Mato Grosso division was largely inspired by the concepts of national geopolitics existing at that time. This geopolitical structure which gave "doctrinal coherence" to the territorial reconfiguration of country actions, was erected on the grounds of national security and development, concepts developed by the military and widely applied during the authoritarian government. Accompanies this analysis the study of fusion of the states of Rio de Janeiro and Guanabara, which occurred in 1975 by Supplementary Law 20/75. The comparative evaluation of the break up of Mato Grosso and the melting of coastal states exposed the intricate contours political and economic interests permeating the government's decision to change the federal composition of the country. In the second part of the thesis are analyzed the construction and maintenance of the multifaceted identity of contemporary Mato Grosso people, formed and transformed from the new territorializations caused by the intense migratory flow for the state of Mato Grosso, especially during the seventies. In its final stage, the research examines information, socioeconomic indices and vectors collected from several banks of official figures. The analysis of indicators of economic activity shows that Mato Grosso grew economically after the division and currently the federal unit is presented as Brazilian state leader in agricultural production. Nevertheless, there is a large discrepancy between the high levels of economic growth and reduced rates of social development. This finding suggests that between the last quarter of the twentieth century and the early years of the century, the regional economic development in Mato Grosso was due to an unbalanced development model, and it remains heterogeneous and unequal intra-regional space, with the coexistence of "islands" of growth and areas with low development prospects.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-05-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.