• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2018.tde-11122018-161707
Documento
Autor
Nome completo
Júlio Delmanto Franklin de Matos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Carneiro, Henrique Soares (Presidente)
Fiore, Maurício
Purdy, Robert Sean
Silva, Maria de Lourdes da
Tófoli, Luis Fernando Farah de
Título em português
História social do LSD no Brasil: os primeiros usos medicinais e o começo da repressão
Palavras-chave em português
Brasil
Contracultura
Ditadura militar
Drogas
LSD
Resumo em português
Depois de apresentar as origens históricas da contracultura, no Brasil e nos Estados Unidos, e contextualizar um pouco das relações entre os integrantes destes movimentos e o uso de drogas, sobretudo maconha e ácido lisérgico, esse trabalho traça, através principalmente da análise de trajetórias individuais que se cruzam de uma forma ou de outra, uma história social da chegada do LSD ao Brasil. O trabalho investiga, com profundidade, o primeiro processo judicial por tráfico e porte da substância, iniciado em janeiro de 1970, em São Paulo, estudando a trajetória dos principais réus, a repercussão midiática, os relatos feitos a posteriori e as formas de ação da polícia e da justiça, em um momento em que não só a ditadura militar vivia sua fase mais violenta, após o AI-5, como também vigorava a lei de drogas mais dura que o país já teve. Analisando os autos de dito processo, e também uma ampla variedade de outras fontes, orais e documentais, apresenta-se como se desenrolou o começo da repressão ao LSD no Brasil, e recupera-se também como foi a chegada da substância ao país, que se deu pela via medicinal na virada dos anos 1950 para os 1960.
Título em inglês
Social history of LSD in Brazil: the first medicinal uses and the beginning of the repression
Palavras-chave em inglês
Brazil
Counterculture
Drugs
LSD
Military dictatorship
Resumo em inglês
After presenting the historical origins of the counterculture in Brazil and in the United States, and also after contextualizing some of the relations between the members of these movements and the use of drugs, especially marijuana and lysergic acid, this work traces, mainly through the analysis of individual trajectories which intersect in one way or another, a social history of the arrival of LSD in Brazil. This thesis investigates in depth the first judicial process for trafficking and possession of the substance, begun in January 1970, in São Paulo, studying the trajectory of the main defendants, the media repercussion, the reports made a posteriori and the forms of action of the police and the justice system, at a time when not only the military dictatorship was experiencing its most violent phase, after the "AI-5", but the hardest drug law in the country's history was also in force.By analyzing the files of this process, as well as a wide variety of other sources, both oral and documentary, the beginning of the repression of LSD in Brazil is described, as well as the medical origins of the substance's arrival in the country.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.