• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2013.tde-22042013-102258
Documento
Autor
Nome completo
Reginaldo Junior Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Iokoi, Zilda Marcia Gricoli (Presidente)
Cardoso, Mauricio
Pereira Neto, Murilo Leal
Secco, Lincoln Ferreira
Souza, Claudia Moraes de
Título em português
Revolução e democracia: vivências e representações (1960-1980)
Palavras-chave em português
Anticomunismo
Comunismo
Democracia
Representações
Revolução
Resumo em português
Este estudo teve por objetivo analisar como, no contexto da Guerra Fria, o comunismo de extração marxista-leninista foi sendo identificado às formas políticas totalitárias por representações circulantes em nível internacional e nacional e como a questão democrática ganhou proeminência no interior do movimento comunista no Brasil, com destaque para o Partido Comunista Brasileiro (PCB). Na década de 1960, movimentos de contra cultura e lutas sociais das esquerdas se contrapuseram ao golpe civil-militar acirrando ainda mais os conflitos entre as classes no Brasil. Tendo como fontes primárias documentos produzidos pelo Departamento de Ordem Política e Social (DOPS), acrescidos de processos-crime, jornais do período e de entrevistas realizadas, relativas à atuação dos comunistas e dos movimentos cultural e estudantil que tomou corpo na região de Londrina, Paraná, procedemos à análise das representações sobre o comunismo e o PCB ali consignadas, considerando os sujeitos e as condições na quais foram produzidas. Verificamos então como o partido foi paulatinamente assumindo a questão democrática pelas experiências históricas e crises que se instauraram em seu interior, situação explicitada na Declaração de Março de 1958. Finalmente, a experiência de integrantes do Comitê Central do Partido no exílio, em meados da década de 1970, introduziu a polêmica no interior do PCB, o qual incorporou as discussões do marxista Antonio Gramsci levadas a cabo principalmente pelos partidos comunistas italiano, francês e espanhol, de um lado, na vertente denominada eurocomunismo e, de outro, nas frações do partido que buscavam interpelar a questão da democracia valendo-se do pensamento gramsciano mas, preservando contudo, a tradição marxista-leninista. As duas vertentes nascidas do debate tinham como principais divergências as interpretações da relação entre democracia e socialismo. O ponto de convergência foi a necessidade de superação da regulação social pelo mercado como sendo um elemento incompatível com a ampliação e aprofundamento da democracia.
Título em inglês
Revolution and democracy: experiences and representations (1960-1980)
Palavras-chave em inglês
Anti-communism
Communism
Democracy
Representations
Revolution
Resumo em inglês
The present study aimed at analyzing how, in a Cold War context, communism of a Marxist-Leninist extraction was gradually identified to the political-totalitarian forms by ongoing representations at national and international levels, and how the democratic issue gained prominence within the Communist Party in Brazil, with focus at the Brazilian Communist Party (Partido Comunista do Brasil PCB). During the 1960s, counterculture and social conflicts of the leftist entities opposed the civil-military putsch, enflaming even more the conflict of classes in Brazil. Having its primary sources from documents produced by Social and Political Order Department (Departamento de Ordem Política e Social - DOPS), increased with Criminal Proceedings, newspapers and interviews produced in such period, related to the activity of the communists and the arising students and cultural movements that took place at the region of the city of Londrina, State of Parana, Brazil, one proceeded to the analysis of the communist and PCB representations there established, considering the agents and the conditions in which they were produced. One has then verified how the party was gradually taking up the democratic issue by the historical experiences and crisis that arose within its interior, such situation which was made explicit by the Declaration of March 1958. Finally the experience of the members to the Partys Central Committee in exile, around the mid 1970s, introduced the polemics in the interior of PCB, which assumed the discussions of Marxist Antonio Gramsci, performed mainly by, on one side, the Italian, French and Spanish communist parties, in its side named Eurocommunism; and, on the other side, in the fractions of the party which attempted to apostrophize the democratic issue, betaking the Gramscian thought, yet preserving the Marxist-Leninist tradition Both sides originated from the debate diverged mainly about the relation between democracy and socialism. The converging point was the necessity to overcome the social regulation by the market as being an element incompatible with the broadening and deepening of democracy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.