• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.8.2010.tde-25112010-102319
Documento
Autor
Nombre completo
Germana Fernandes Barata
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2010
Director
Tribunal
Santos Filho, Gildo Magalhães dos (Presidente)
Benchimol, Jaime Larry
Dantes, Maria Amelia Mascarenhas
Figueirôa, Sílvia Fernanda de Mendonça
Leta, Jacqueline
Título en portugués
Nature e Science: mudança na comunicação da ciência e a contribuição da ciência brasileira (1936-2009)
Palabras clave en portugués
Cientometria
Comunicação da ciência
História da ciência
Jornalismo científico
Periódicos científicos
Resumen en portugués
A escolha dos meios em que se vai comunicar a ciência é uma importante estratégia para progredir na carreira científica ou, simplesmente, garantir o cumprimento da demanda cotidiana. Publicar em periódicos considerados de melhor qualidade e visibilidade tem sido uma exigência cada vez mais comum entre cientistas, sobretudo da área de ciências biomédicas e exatas. A comunicação da ciência nestes quase 350 anos, desde a criação dos primeiros periódicos, ganhou dimensão, prestígio e influência. Nesse cenário, Nature e Science, periódicos centenários e multidisciplinares, estão entre as publicações de maior prestígio na academia mundial. Esta tese de doutorado busca entender a mudança de papel dos periódicos científicos, desde a primeira metade do século XX, e o histórico das contribuições brasileiras para a ciência mundial. Um levantamento sobre tais contribuições foi realizado, por meio de busca no banco de dados internacional Web of Science, totalizando 370 contribuições na Nature (1937- 2009) e 254 contribuições na Science (1936-2009). Também foram realizadas entrevistas com 16 cientistas que publicaram nesses periódicos para entender suas escolhas e os impactos pessoais e profissionais de suas contribuições. À estratégia para difundir e compartilhar informações para a construção da ciência somou-se o marketing científico a priorizar veículos, autores, instituições, áreas do conhecimento, temas, visões, paradigmas. Nature e Science são representantes ativos e paradigmáticos desse novo ciclo da comunicação e da própria percepção sobre a construção da ciência. Suas páginas sugerem um desenvolvimento da ciência feito em saltos qualitativos e revolucionários, o que contribui para uma visão parcialmente deturpada sobre a construção da ciência e, inclusive, para uma percepção distorcida dos próprios cientistas sobre suas colaborações para a ciência mundial, que passam da prioridade do envolvimento intelectual, para a visibilidade e os resultados cientométricos.
Título en inglés
Nature and Science: changes in the communication of science and the Brazilian contribution to science (1936-2009)
Palabras clave en inglés
History of science
Journals
Science communication
Science journalism
Scientometrics
Resumen en inglés
The choice of the means to communicate science becomes an important strategy to progress in the scientific career or, simply, to guarantee the fulfillments of daily demands. Publishing in journals considered of better quality and visibility has been a frequent requirement among scientists, mainly from the biomedical and hard sciences. The communication of science in the last 350 years, since the creation of the first journals, has acquired dimension, prestige and influence. In this scenario, Nature and Science, centenarian and multidisciplinary journals, are among the publications of greater prestige in the world-wide academy. This thesis aims at understanding the change of role of scientific journals, since the first half of 20th Century, and describing the Brazilian contributions for international science. A survey on such contributions was carried through, by searching in the international data base Web of Science, which totalized 370 contributions in Nature (1937-2009) and 254 in Science (1936-2009). Interviews had also been carried through with 16 scientists who had published in these journals to understand their choices and the personal and professional impacts of their contributions. The strategy to spread out and share information in order to build science up has been added to the science marketing which prioritizes journals and means of communication, authors, institutions, fields of knowledge, topics, opinions and paradigms according to the interest. Nature and Science represent active and paradigmatic assets of this new cycle of communication and of the perception of the construction of science. They suggest a development of science made in qualitative and revolutionary jumps, which contributes to a partially distorted perception about the construction of science and, also, about the scientists own contributions to science, that once has prioritized the intellectual involvement and now focuses on the visibility and the scietometric results.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2010-11-25
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.