• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2002.tde-06032007-190915
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Nogueira de Castro Monteiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Tatit, Luiz Augusto de Moraes (Presidente)
Campos, Norma Discini de
Lopes, Iva Carlos
Mammi, Lorenzo
Wisnik, Jose Miguel Soares
Título em português
O sentido na música: semiotização de estruturas paradigmáticas e sintagmáticas na geração de sentido musical
Palavras-chave em português
Análise do Discurso
Análise Musical
Musicologia
Semi-simbolismo
Semiótica
Teoria da Arte
Resumo em português
Partindo inicialmente da proposta de se estender a um repertório não-ocidental o corpus do modelo analítico desenvolvido na dissertação de mestrado Análise do discurso musical: uma abordagem semiótica, a tese de doutorado O Sentido na Música: semiotização de estruturas paradigmáticas e sintagmáticas na geração de sentido musical termina por se debruçar sobre as relações semi-simbólicas que organizam e estruturam as diferentes instâncias de produção de sentido na música e na canção. A partir de uma semiotização da métrica greco-latina, desenvolve uma estratégia sintética de abordagem das instâncias rítmica (plano da expressão) e tensiva (plano do conteúdo) na música. A partir da análise comparativa de três versões da canção egípcia ya garat al-wadi, identifica como principais diferenciais entre a música ocidental e árabe-mediterrânea a utilização por parte desta das configurações melismáticas enquanto estratégia de estruturação melódica e o emprego da estruturação intervalar em detrimento do pensamento motívico que caracteriza o idioma musical ocidental. Também a partir daí verifica-se a insuficiência do modelo de aspectualizações modulatórias de Greimas e Fontanille, todas de caráter linear, e propõe-se os fundamentos para um estudo das modulações cíclicas, divididas em circulares (convergentes, associadas ao efeito de sentido de realização) e espirais (divergentes, associadas à potencialização). As modulações cíclicas mostram sua eficiência enquanto ferramentas metodológicas ao serem capazes de abordar sinteticamente fenômenos gerativos comuns tanto à simplicidade da música mântrica quanto à complexidade das grandes composições sinfônicas. Por fim, ao examinar a questão da influência moura sobre a música tradicional nordestina, chega-se a um estudo da semiotização das estruturas rímicas do plano de expressão verbal capaz de subsumir o conjunto de relações semi-simbólicas que organizam e inter-relacionam sincreticamente os planos de expressão e conteúdo das instâncias verbal e musical na canção.
Título em inglês
Meaning in Music: semiotization of paradigmatic and synthagmatic structures in the production of musical sense
Palavras-chave em inglês
Discourse Analysis
Musical Analysis
Musicology
Semi-simbolism
Semiotics
Theory of Arts
Resumo em inglês
The thesis Meaning in Music: semiotization of paradigmatic and synthagmatic structures in the production of musical sense was firstly conceived as an extension of a previous work, Musical Analysis: a semiotical approach. Its main target was to verify the efficiency of the previously developed model when applied to a non-western repertory. Eventually, the research was redirected towards the study of the semi-symbolic relations which ultimately orchestrate and organize the production of meaning in the various instances of the musical discourse. A new rhythmical approach was developed based on the Greek-roman theory on metric, and its advantages with respect to an orthodox consideration of duration noted in western musical writing were largely proved. The first piece of non-western repertory to be analyzed was the Egyptian song ya garat al-wadi. Three different versions were compared so that the essence of Eastern-Mediterranean music was found, and it was summarized in two main principles: the melismatic organization of melody and the absence of motivical structures were the semiotization of intervals themselves prevails. Also, the propositions on modulatory aspects by Greimas and Fontanille were considered insufficient to deal with the cyclical modulations that are extremely frequent in Eastern music. A new approach on cyclical modulations was thus proposed, discussing its two main possibilities: convergent or circular modulations, associated with the effect of realization, and divergent or spiral modulations, related with greimasian concept of potentialization. Finally, the focus was directed towards the presence of moor influence on Brazilian traditional music. Although consistent historical or analytical proof was not found, the chapter abandoned its previous diachronical approach to dive into a synchronic investigation on the semiotizatin of rhyme and its effects on the semi-symbolic relations which regulate the balance between verbal and musical instances in songs, thus establishing the basis to a new synchretic approach to the study of songs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-05-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.