• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2009.tde-19112009-161937
Documento
Autor
Nome completo
Ibere Luiz Di Tizio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Dick, Maria Vicentina de Paula do Amaral (Presidente)
Barbosa, Maria Aparecida
Pinheiro, Raquel dos Santos Leal Vita
Santos, Neusa Maria Bastos Fernandes dos
Trindade, Liana Maria Salvia
Título em português
Santo André: acausa toponímica na denominação de seus bairros
Palavras-chave em português
Atlas das cidades
Causa toponímica
Santo André
Resumo em português
No início do desenvolvimento de Santo André, as terras do bairro da Estação, atual centro de Santo André, tinham valor baixo por ser um local sem interesse comercial, distante dos povoados já estabelecidos. Este fator motivou a São Paulo Railway (SPR) na sua escolha para a instalação da estação da Vila de São Bernardo em 1867. Ao mesmo tempo, este local interligava três pólos em incipiente crescimento na época São Bernardo, Mogi das Cruzes e a região a sul da atual zona leste de São Paulo. Isso incentivou indústrias a adquirirem terras para a construção de suas fábricas, o que gerou a necessidade de prover local para a residência dos operários. Coube aos proprietários o loteamento de parte de suas terras para abrigar os recém-chegados nas proximidades destas fábricas. Além das dificuldades próprias à incipiente industrialização nos últimos anos do século XIX e primeiros do XX, a resistência de proprietários rurais da região em vender suas propriedades ou parte delas, retardou a abertura de bairros. Um número significativo de loteamentos passa a ser aberto na década de 1920, inclusive para a formação de bairros de alto padrão. A demanda por áreas residenciais com a chegada de outras indústrias a Santo André pressionou o estabelecimento de loteamentos. Técnicas para o convencimento dos proprietários foram utilizadas por empresas loteadoras: perpetuar o nome dos donos das terras nos topônimos criados. A homenagem aos proprietários e aos loteadores ou a membros de suas famílias manteve-se como tendência até meados do século XX. Neste período, verificam-se mudanças no perfil dos novos moradores da região, especialmente composto por migrantes provenientes de outras cidades do ABC e cidades brasileiras, e a especulação imobiliária impondo novas tendências de engendramento de topônimos em paralelo a homenagens de familiares. Na presente Tese, apresentaremos e analisaremos os nomes destes loteamentos que deram origem a oitenta e oito bairros de Santo André, agrupando-os a partir das causas toponímicas.
Título em inglês
Santo André: the toponimic cause in the denomination of its quarters
Palavras-chave em inglês
Atlas das cidades
Santo André
Toponimic causes
Resumo em inglês
At the beginning of the development do Santo André the lands of the quarter of the Station had low value for being a place without commercial interest, distant of the established towns. This motivated São Paulo Railway (SPR) in its choice for the installation of the station of Vila de São Bernardo in 1867. At the same time, this place connected three growing regions at that time São Bernardo, Mogi das Cruzes and the south side of the current east place of São Paulo. That stimulated industries to acquire lands to construct its plants, which generated the need to provide place for the residence of the laborers. The land division had to be done by the proprietors, so the just-fond ones had a place to live near the plants. Beyond the difficulties of the incipient industrialization in the late years of the XIX century and the early XX, the resistance of agricultural proprietors of the region in selling their properties or part of them, delayed the opening of the quarters. A significant number of land divisions begins to be opened in the 1920s, including the high standard quarters. The demand for residential areas with the arrival of other industries to Santo André pressured the establishment of land divisions. Techniques for the persuation of the proprietors had been used by the land division companies: to perpetuate the name of the owners of lands on the place names raised. The homage to the proprietors and the land divisors or their family members was a trend until middle of XX century. In this period, changes in the profile of the new inhabitants of the region, especially compose by migrants from other cities of the ABC and Brazilian cities, and the speculation imposing new trends of formation of place names whith homages of familiar. In the present Thesis, we will present and analyze the names of these land divisions that had given to origin the eighty and eight quarters of Saint Andres, having grouped them from the toponimic causes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-12-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.