• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2016.tde-02052016-112711
Documento
Autor
Nome completo
Vilma de Fatima Soares
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Alves, Ieda Maria (Presidente)
Dias, Marieta Prata de Lima
Maroneze, Bruno Oliveira
Santos, Iolanda Galanes
Silva Filho, Demóstenes Ferreira da
Título em português
Terminologia e neologia em silvicultura urbana: o léxico na ressignificação do espaço urbano
Palavras-chave em português
Descrição conceitual
Neologia
Neologicidade
Silvicultura Urbana
Terminologia
Resumo em português
Este trabalho objetiva, com base nos postulados teórico-metodológicos da Terminologia e da Neologia, apresentar, em amostragem, a terminologia da área do conhecimento e de especialidade da Silvicultura Urbana. O nosso propósito é demonstrar a importância dos estudos neológicos e a abrangência de seus processos, tanto na formação de uma área do conhecimento, como na transferência de informação de uma área de especialidade para um público leigo, proficiente em leitura, que poderá, entre outros fins, gerar subsídios para a elaboração de um dicionário. Para alcançar os nossos objetivos, baseados em corpora da área de Silvicultura Urbana (corpus documental, corpus de referência e corpus de análise), com o uso de softwares, extraímos inicialmente uma amostragem de 100 termos (formação sintagmática) do corpus de análise e, em análise complementar exploratória, identificamos formações produtivas por derivação prefixal e sufixal e algumas formações por siglas e acrônimos. Como estratégia para melhor compreensão da área, desenvolvemos algumas representações gráficas como: a árvore de domínio, os mapas relacionais e os quadros de análise descritiva dos termos de base da área. Constatamos que as unidades lexicais, em função termo ou em função vocábulo, apresentam graus de neologicidade que variam, num contínuo, do mais alto ao mais baixo grau, considerando a comunicação entre especialistas, entre estes e o público leigo, leitor proficiente ou não. Em conclusão, consideramos que a unidade lexical mantem um aspecto neológico permanente que varia de acordo com o tempo e o espaço, em estudos diacrônicos ou sincrônicos, em todos os discursos e seus universos e na relação de produção e recepção do que se pode considerar novo
Título em inglês
Terminology and neology in urban forestry: the lexicon in the resignification of urban space
Palavras-chave em inglês
Conceptual description
Neologicity
Neology
Terminology
Urban Forestry
Resumo em inglês
The objective of this work, based on theoretical and methodological postulates of Terminology and Neology, is to present, in sampling, the terminology of the area of knowledge and specialty of Urban Forestry. Our purpose is to demonstrate the importance of neological studies and the scope of their processes, both in the formation of an area of knowledge, as in the transfer of information from one area of specialty to a lay audience, proficient in reading, which may, among other purposes, generate support for the preparation of a dictionary. To achieve our objectives, based on corpora from the area of Urban Forestry (documentary corpus, reference corpus and analysis corpus), with the use of software, we selected a sampling of 100 terms, which we have expanded by exploratory additional analysis to identify some productive formations by prefixal and suffixal derivation and some formations by acronyms and abbreviations. As a strategy for understanding the area, we developed illustrative graphical representations: the domain tree, some relational maps and descriptive analysis frameworks of the area. We observed that the lexical units, in the function of term or in the function of word, have degrees of neologicity in a continuous, from the highest to the lowest degree, considering the communication between experts, between them and the lay audience, whether it consists of proficient readers or not. We then consider that a lexical unit maintains a permanent neological aspect which varies according to time and space, in diachronic and synchronic studies, in every speech and their universes and in the relation of production and reception of what can be considered new
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-05-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.