• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2010.tde-04022011-114700
Documento
Autor
Nome completo
Artur Antonio dos Santos Araújo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Aquino, Zilda Gaspar Oliveira de (Presidente)
Pinto, Elisa Guimaraes
Silva, Denize Elena Garcia da
Título em português
Estereótipos: constituição, legitimação e perpetuação no discurso sobre o negro
Palavras-chave em português
Boletim de ocorrência
Discriminação racial
Estereótipo
Ideologia
Preconceito
Resumo em português
Esta dissertação estuda os estereótipos sobre o negro na sociedade brasileira e, investiga, em especial, o investimento ideológico marcado no léxico para produção e reprodução de discriminação racial. Acreditamos que o conceito de estereótipo seja chave para entendermos as complexas relações raciais no Brasil e o controle social exercido sobre o negro na sociedade brasileira por meio do discurso. O escopo teórico para desenvolvimento desta pesquisa é baseado na teoria da Análise Crítica do Discurso, especialmente, nas contribuições teóricometodológicas de van Dijk (2008) e Norman Fairclough (1989). Recorremos aos estudos de Fernandes (2007), Bhabha (2005), Bauman (2001), entre outros, para explorarmos esta temática e estabelecermos relações entre discurso, escolhas lexicais e estereótipos. Para tanto, foram selecionados Boletins de Ocorrência Policial da Decradi/SP (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância de São Paulo) e Depate/DF (Departamento de Atividades Especiais da Polícia Civil do Distrito Federal) sobre preconceito e discriminação racial em São Paulo, SP, e no Distrito Federal, DF, no período de 2000 a 2009. Este corpus permitiu reconhecer questões referentes ao preconceito, a partir de pistas lingüístico-discursivas utilizadas nos discursos dos acusados de racismo.
Título em inglês
Stereotypes: elaboration, legitimization and perpetuation in the speech on negro
Palavras-chave em inglês
Ideology
Police reports
Prejudice
Racial discriminations
Stereotype
Resumo em inglês
This dissertation studies the stereotypes on the Negro in the Brazilian society and researches, with special emphasis, the ideological investment registered in the lexicon for the production and reproduction of racial discrimination. We consider the concept of stereotype as a key element for understanding the complex racial relations in Brazil and the social control by the speech over the Negro in the Brazilian society. The theoretical guideline for the realization of this research is based on the theory of Critical Analysis of the Speech, specially the theoretic and methodological contributions of Van Dijk (2008) and Norman Fairclough (1989). We turn to the studies of Fernandes (2007), Bhabha (2005), Bauman (2001), among others in order to explore this thematic and to establish relations among speech, lexical choices and stereotypes. For such purposes, we selected Police Reports of Decradi/SP (Police Office against Racial Crimes and Intolerance Faults of Sao Paulo) and Depate/DF (Department of Special Activities of the Civilian Police of the Federal District) over prejudice and racial discrimination in Sao Paulo/SP, and in the Federal District/DF, in the period of 2000 until 2009. This corpus allowed the recognition of issues related to prejudice provided by the linguistic and discursive clues used in the speech by those accused of racism.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-02-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.