• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2017.tde-08032017-140736
Documento
Autor
Nome completo
Letícia Fernandes de Britto-Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Aquino, Zilda Gaspar Oliveira de (Presidente)
Giering, Maria Eduarda
Simões, Jose da Silva
Soares, Rosana de Lima
Título em português
A construção da identidade em periódicos infantis no Brasil de Vargas e na Alemanha nazista
Palavras-chave em português
Argumentação
Discurso infantil
Identidade no Discurso
Língua alemã
Língua portuguesa
Resumo em português
A presente dissertação tem por proposta investigar a construção da identidade infantil a partir do discurso de adultos e crianças que se apresenta na mídia impressa em revistas voltadas para o público infantil, publicadas na década de 1930, no Brasil e na Alemanha. Busca-se observar como se caracteriza esse discurso e quais argumentos foram imprescindíveis para a construção de tal identidade em dois regimes nacionalistas concomitantes - o início da Era Vargas, no Brasil, e do Nazismo, na Alemanha. Os corpora constituem-se da revista "O Tico-Tico", publicada no Rio de Janeiro; e dos textos do jornal Hilf mit!" Illustrierte deutsche Schülerzeitung", publicado em Berlim. Esses periódicos eram distribuídos nas maiores metrópoles de seus respectivos países e, por isso, se apresentam como bastante significativos quanto à representação da imagem da criança nessas grandes cidades e em culturas distintas. Visando observar tal questão, selecionamos como embasamento teórico os estudos de Wolf (1999) e Lopes (2005) no que se refere às pesquisas em Comunicação; os preceitos de Perelman e Olbrechts-Tyteca (1996 [1958]) e Klein (1980) a respeito de valores argumentativos e validades coletivas; a definição de Ideologia proposta por van Dijk (2000); os conceitos de Discurso Autoritário e Discurso Interiormente Persuasivo, proposto por Bakhtin (2015 [1930]); bem como pesquisas da área de Identidade no Discurso, como de Jungwirth (2007), Moita Lopes (2002) e seus seguidores. Após traçarmos o contexto histórico, político e comunicacional que circundam os periódicos, os textos foram analisados, com luz às teorias da Argumentação, buscando-se observar as estratégias discursivas e, sobretudo, os valores argumentativos e as validades coletivas difundidos nos discursos a partir da seleção lexical; os resultados obtidos na pesquisa nos permitiram observar questões voltadas às ideologias e às identidades construídas nesses textos. As análises apontaram para uma maior autonomia discursiva, ideológica e identitária nos textos de autoria atribuída às crianças na revista brasileira em relação à revista alemã, apesar de tal autonomia não se apresentar como algo absoluto em relação a alguns valores sociais.
Título em inglês
The construction of identity in children's magazines in Varga's Brazil and Nazi German
Palavras-chave em inglês
Argumentation
Children's identity
Discourse and Identity
German language
Portuguese language
Resumo em inglês
This masters dissertation aims to investigate the construction of the juvenile identity through the discourse of adults and children presented in printed media, specifically in magazines whose target audience is children. The magazines analyzed were published in the 1930s in Brazil and Germany. The intention is to observe how the aforementioned discourse is characterized and which arguments are essential for the construction of such an identity during two distinct political periods, Vargas Brazil and Nazi Germany. The corpora consist of the magazine "O Tico-Tico", published in Rio de Janeiro; and of texts from the newspaper "Hilf mit! Illustrierte deutsche Schülerzeitung", published in Berlin. Those magazines were distributed in the main metropolises of their countries of origin and therefore may be significant in the representation of the image of children in those large cities and distinct cultures. Therefore, the chosen theoretical foundation includes: the communication studies of Wolf (1999) and Lopes (2005); the precepts of Perelman and Olbrechts-Tyteca (1996 [1958]) and Kleins (1980) argumentative values and collective validity; Van Dijk's (2000) definition of ideology; the concept of authoritarian speech by Bakhtin (2015 [1930]); as well as works by specialists in identity in discourse such as Jungwirth (2007), Moita Lopes (2002) and others that study their works. After investigating the historical, political and communicational context that surrounds those magazines, the texts were analyzed using the theory of argumentation, to observe the discourse strategies and especially the argumentative values diffused in the discourses through the lexical selection. The results obtained in this research allow us to observe issues related to the ideologies and identities that were constructed in those texts. The analyses point to greater autonomy in terms of discourse, ideology and identity in Brazilian texts, whose authorship was attributed to children, in comparison with the German texts, although such autonomy is not absolute regarding some social values.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.