• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2011.tde-09052011-144015
Documento
Autor
Nome completo
Hélcius Batista Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Marilza de (Presidente)
Bacellar, Carlos de Almeida Prado
Coelho, Olga Ferreira
Duarte, Maria Eugênia Lamoglia
Kato, Mary Aizawa
Título em português
A realização do sujeito pela elite paulistana do início do século XX: uma análise em perspectiva gerativista trans-sistêmica
Palavras-chave em português
Bourdieu.
Chomsky
Gerativismo transsistêmico
História social da língua
Labov
Norma lingüística da elite paulistana
Parâmetro do sujeito nulo
Resumo em português
O presente trabalho analisa a trajetória dos sujeitos vazios e expressos na norma lingüística efetivamente utilizada pela elite paulistana, em fins do século XIX até a década de 1930, quando S. Paulo recebeu grande afluxo de imigrantes usuários de "línguas de sujeito nulo". Partindo de uma avaliação crítica do "variacionismo paramétrico", baseado em Labov e Chomsky, propomos o "gerativismo trans-sistêmico". Nessa perspectiva, a língua é gerada em dois níveis: no nível de origem biológica e inata, a faculdade da linguagem, após amadurecimento, dota o indivíduo de "competência lingüística"; no nível de natureza social, o habitus, depois de internalizado, o proverá de "capital lingüístico", tal qual proposto por Bourdieu. Temos, assim, um módulo gerativo que permite ao indivíduo oferecer seus produtos no mercado lingüístico altamente concentrado. A análise de corpora lingüísticos nos levou a concluir que a elite, apesar de fazer um maior uso do sujeito vazio, já incrementava o uso dos expressos, fenômeno já bem avançado no dialeto caipira. Tal comportamento é explicado por fatores estruturais internos à língua, e também expressa, do ponto de vista histórico-social, uma clara opção por uma forma lingüística que se opunha à norma dos imigrantes, tal qual previsto no habitus da elite.
Título em inglês
realization of the subject by the elite of São Paulo beginning of the twentieth century: an analysis in Trans-systemic generativism perspective
Palavras-chave em inglês
Bourdieu.
Chomsky
Labov
Linguistic standard language of São Paulo elite
Null subject parameter
Social history of language
Trans-systemic generativism
Resumo em inglês
This paper analyses the trajectory of empty subjects and overt subjects in the standard language of the elite of São Paulo from the late XIX century to 1930s, when that city received a large influx of immigrants, who were speakers of languages with null subject . Starting from a critic assessment of the "parametric variacionism", based on Labov and Chomsky, we propose the "trans-systemic generativism". From this perspective, language is generated in two levels: in the biological and innate level, the language faculty, after matured, endows the individual with "linguistic competence"; in the social level, the habitus, after internalized, provides the individual with "linguistic capital", as proposed by Bourdieu. Therefore we believe that there is a generative module that allows individuals to offer their products in the highly concentrated linguistic market. The analysis of the linguistic corpora led us to conclude that the elite, despite making more use of empty subject, was already boosting the use of overt subjects, a phenomenon well advanced in the caipira dialect. This behavior is explained by structural factors internal to language, and also expressed, from the social-historical standpoint, a clear choice of a linguistic form as opposed to the standard language of immigrants, as established by the habitus of the elite.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-05-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.