• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.8.2017.tde-22082017-162040
Documento
Autor
Nombre completo
Rosângela Rodrigues Borges
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2017
Director
Tribunal
Correa, Manoel Luiz Goncalves (Presidente)
Brito, Luiz André Neves de
Esvael, Eliana Vasconcelos da Silva
Jurado Filho, Lourenço Chacon
Oliveira, Pascoalina Bailon de
Título en portugués
Escrita de professores em formação inicial: o papel do excedente de visão
Palabras clave en portugués
Concepções de escrita
Excedente de visão
Formação docente
Tecnologia e ensino (de escrita)
Resumen en portugués
Associada ao Paradigma Indiciário, propõe-se a noção de excedente de visão (EV) (BAKHTIN, 2011, 2014) como um modo de olhar para os dados, para a análise e para práticas de ensino, objetivando investigar como professores em formação inicial (PFI) concebem a própria escrita, o ensino de escrita e a tecnologia no ensino (de escrita), num Curso de Extensão, que gerou o corpus: fóruns, chat, wikis, esboços de Planos de Aula e redações do Enem socializados pelos PFI. Operacionalizado como um modo de olhar do pesquisador no processo de análise, o EV permite chegar ao indício, exigindo, contudo, para tanto, variados gestos de pesquisa para a confirmação de hipóteses pelo confronto entre fontes internas e externas. Do mesmo modo, o EV possibilita compreender gestos de linguagem do PFI em torno da escrita, do ensino da escrita e da tecnologia no ensino (de escrita), contribuindo para, na alteridade, dar ao sujeito um lugar na escrita. Resultados desta pesquisa mostram que o PFI busca se alçar à especialidade de Letras e à posição enunciativa do professor que ele projeta ser, o que a análise, considerando o papel das histórias de letramentos, descreve em termos de gestos de linguagem e de docência. Resumidamente, esses gestos indiciam que: a) além de conceitos teóricos para o ensino de escrita, a noção de EV e a de cronotopo do endereçamento são constitutivas dos gêneros do discurso (GD): redação do Enem/dissertação de vestibular e artigo científico; b) as noções de relações intergenéricas e de instabilidade do GD são conceitos teóricos a serem trabalhados a partir do EV pelo professor e pelo aluno em práticas de escrita em ambientes digitais ou não; c) a tecnologia, como parte da linguagem, configura-se como mais um ponto de observação para o trabalho com o cronotopo do endereçamento e de outros cronotopos (da introdução, do tema, da conclusão e de textos motivadores) na produção escrita; d) o trânsito do PFI pelas posições enunciativas professor em formação inicial, professor que projeta ser e egresso da Educação Básica faz emergir o conflito do licenciando com o discurso oficial sobre o ensino de GD e sobre letramentos; e) gestos de retomada e de antecipação e a ação de forças centrípetas e centrífugas, assim como da palavra autoritária e da palavra interiormente persuasiva na produção escrita dos PFI dão contornos específicos para diferentes configurações para a escrita e de lugar para o sujeito segundo se produzam redação do Enem, dissertação de vestibular e artigo científico. Como sujeito de linguagem, o PFI situa-se no embate entre um ensino que atua na ordem do instituído e um fazer docente que pretende atuar criticamente sobre ela.
Título en inglés
Teachers' writing in initial education and training: the role of surplus of vision
Palabras clave en inglés
Surplus of vision
Teachers education and training
Technology and Teaching (of writing)
Writing concepts
Resumen en inglés
Associated to the Circumstantial Paradigm, one proposes the notion of surplus of vision (SV) as a way of looking at data for analysis and teaching in order to identify the ways teachers in initial education and training (TIET) conceive their own writing, teaching writing and technology in teaching (writing), in an Extension Coursem which generated the corpus: forums, chat, wikis, outlines of Lesson Plans and essays of the Enem socialized by the TIET. Used as a way of looking at data for analysis, the SV allows to reach traces, demanding, nevertheless, for so doing, variegated research gestures for the confirmation of hypotheses by means of the confrontation among internal and external sources. In addition, SV makes possible to understand language gestures of TIET around writing, teaching writing and the technology in teaching (writing), contributing, by means of alterity, to give subjects a place in writing. Results from this research show that TIET make efforts to insert in Letters as a field and to take the enunciative position of the kind of teacher they desire to be, something the analysis describes, considering the role of literacy histories, in terms of gestures of language and teaching. These gestures show, in sum, that: a) in addition to theoretical concepts for teaching writing, the notion of SV and that of chronotope of addressing are constitutive of speech genres (SG); b) the notions of intergeneric relations and instability of SG are theoretical concepts to be worked by teachers and pupils from the point of view of O in writing practices produced in digital or non-digital environments; c) technology, as part of language, is one more observation point for working with the chronotope of addressing and other chronotopes (of the introduction, of theme, of conclusion and motivational texts) in written productions; d) TIET passage through their enunciative position as such, that of the kind of teachers they desire to be and that of someone who were in Basic Education, and this produces the emergence of conflict of TIET and the official discourse about teaching SG and lireracy(ies); and e) gestures of recuperating and anticipating and the action of centripetal and centrifugal forces, as well as that of the authoritarian word and of the internally persuasive word in written production of TIET, give distinct special statuses for different configurations related to writing and also attribute places for subjects, according to the genre: Enems writing exam, college admission exam or academic paper. As language subjects, TIET are situated in the conflict between teaching such as it happens in the instituted order and a teachers way of teaching that act critically regarding this order.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-08-22
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.