• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-23042014-092320
Documento
Autor
Nome completo
Bi Meng Yin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Hernandes, Maria Célia Pereira Lima (Presidente)
Chia, Ho Yeh
Silva, Roberval Teixeira e
Título em português
Imigração chinesa em São Paulo e seu português falado: interlíngua e marcadores discursivos
Palavras-chave em português
Aquisição de segunda língua
Língua dos imigrantes chineses
Marcadores discursivos
Resumo em português
Esta dissertação tem por objetivo discutir aspectos da imigração dos chineses em São Paulo e analisar a língua portuguesa falada pelos imigrantes. Com o desenvolvimento da comunicação e da sociedade, movimentos migratórios foram se tornando cada vez mais dinâmicos no palco mundial. A ampliação de políticas migratórias relativamente livres e o desenvolvimento acelerado tornaram o Brasil um dos destinos mais populares para os chineses. Os chineses, especialmente os do litoral, com tradição de emigrações, constituíram-se elementos atuantes na sociedade paulistana, em especial no comércio. Para os imigrantes mais antigos, os principais problemas enfrentados foram relativos à dificuldade em aprender o idioma. Como a maior parte faz negócios, é obrigatório comunicar-se com os clientes brasileiros, o que, depois de alguns anos no Brasil, favorece que se comuniquem sem grandes problemas no dia-a-dia. Os estudos de Fishman sobre as etapas de transição para um estado monolíngue indica que esse processo ocorre dentro de três gerações (FISHMAN, 1966,1988). Também há quatro etapas que conduz do bilinguismo ao monolinguismo, sendo este o do português (TARALLO e ALKMIN, 1987, p.67). Como é fato a expansão da imigração chinesa ao Brasil nas últimas décadas, a maioria dos imigrantes chineses em São Paulo é da primeira ou segunda geração. Isso significa que a língua dominante em sua vida ainda é a língua chinesa, no entanto já está em curso um período de transição do bilinguismo para o monolinguismo. Para o estudo da língua portuguesa falada pelos chineses em São Paulo, focalizo os marcadores discursivos. As funções discursivas estão presentes na língua de contato desde muito cedo, tão logo os falantes saem da fase de palavras isoladas ou de frases muito curtas e começam a usar um discurso mais longo, com narrativas, descrições e argumentações mais fluentes. Os marcadores são interessantes, pois mostram um comportamento distinto, via funções diferenciadas. Os resultados apontam que os falantes com mais proficiência usam mais marcadores com a função de organizar, reformular ou articular o texto, e os com menos proficiência usam marcadores para checar a própria interação, quer dizer, para se certificar que está sendo compreendido.
Título em inglês
Chinese immigration in São Paulo and their spoken Portuguese: interlanguage and discourse markers
Palavras-chave em inglês
Discourse markers
Second language acquisiton
The language of Chinese immigrants
Resumo em inglês
This thesis aims to analyze the Chinese immigration in Sao Paulo and the spoken Portuguese language by immigrants. With the development of communication and society, migratory movements are becoming more and more dynamic on the world stage. The expansion of free migration policies and the relatively rapid development made the Brazil one of the most popular destinations for the Chinese. The Chinese especially who are from the cost with the tradition of emigration constituted active elements in Sao Paulo society. For the older immigrants, the main problems were related to the difficulty in learning the language. But because many of them do business, which require to communicate with the Brazilian customers, so after a few years in Brazil, they do not have big problems in communication in the daily life. The studies of Fishman about the steps to transition to a monolingual state indicate that this process occurs within three generations (Fishman, 1966, 1988). There are four steps leading from biligualism to monolingualism, which in this case is Portuguese (TARALLO and ALKMIN, 1987, p.67). Because of the expansion of Chinese immigration to Brazil began in recent decades, most of the Chinese immigrants in Sao Paulo are in the first ou second generation. This means that the dominant language in their lives is still the Chinese language, however their language is in transition from bilingualism to monolingualism. To study the spoken Portuguese language by the immigrants in Sao Paulo, I focus on the discourse markers. The discursive function are present in the contact language very early, as soon as the speakers left the phase of single words ou very short sentence and begin to use a longer speech, with narratives, descriptions and arguments. The markers are interesting because they indicate diferent behaviors. They perform distinct functions. The results show that the speakers with more proficiency use more markers with the function of organizing or of articulating the text, and when the speakers with lower proficiency, they use more markers to verify the interaction.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-04-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.