• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-01032016-143905
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Kuntz de Andrade e Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Título em português
Textos autênticos, adaptados e semi-autênticos no ensino de alemão como língua estrangeira: reflexões sob a perspectiva da pedagogia pós-método e da aprendizagem como participação
Resumo em português
A presente pesquisa tem como objetivo repensar o papel dos textos autênticos no ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras, em especial de Alemão como Língua Estrangeira, com base na perspectiva da Pedagogia Pós-Método e no conceito de aprendizagem como participação. Partindo de um levantamento que aponta a pouca presença de textos autênticos em diversos livros didáticos para o ensino de alemão de níveis iniciais (nível A2 do Quadro Europeu Comum), e levando-se em conta que o livro didático ainda é o principal instrumento de ensino na maioria das instituições, essa pesquisa busca refletir sobre as consequências desse cenário para o desenvolvimento de um ensino crítico e transformador. Assim, a pesquisa visa problematizar as diferenças entre textos autênticos, adaptados e semi-autênticos presentes em livros didáticos internacionais de alemão como língua estrangeira, e refletir sobre alguns possíveis efeitos decorrentes do uso de cada um desses materiais para as perspectivas citadas. Tomando por base os parâmetros da Pedagogia Pós-Método elaborados por Kumaravadivelu (2006) e o conceito de aprendizagem como participação baseado em Lave & Wenger (1991), somado ao conceito de comunidade discursiva de Swales (1990), foram realizadas análises comparativas entre textos autênticos e adaptados dos gêneros textuais entrevista e notícia de jornal, observando que elementos foram mantidos ou omitidos na adaptação, e como eles poderiam contribuir ou dificultar a realização de um ensino crítico e a participação periférica legítima do aprendiz nas comunidades discursivas da língua-alvo. A partir dessas análises, constatou-se que, nos textos adaptados, elementos polêmicos ou tristes foram excluídos, além de referências externas e informações pessoais. Com isso, constatou-se que os textos adaptados tendem a transmitir uma mensagem positiva sobre o país e a cultura da língua-alvo, relacionada principalmente ao sucesso profissional, o que não ocorre nos textos autênticos, que trazem visões mais realistas e diversificadas da cultura-alvo. Uma análise posterior com textos semi-autênticos dos mesmos gêneros constatou que essas tendências encontradas nos textos adaptados também estão presentes nesses textos, tornando o livro didático um cartão postal da língua-alvo (BOLOGNINI, 1991), ao invés de um instrumento que colabora com a participação e o desenvolvimento da reflexão do aprendiz. Ainda, uma análise de texto autêntico do gênero entrevista presente em um livro didático mostra que o texto autêntico, mesmo quando inserido em um livro didático, propicia maior participação do aprendiz em discursos da cultura-alvo, além de possuir maior potencial de desenvolvimento da reflexão. Também foi ressaltado o papel do professor para o A presente pesquisa tem como objetivo repensar o papel dos textos autênticos no ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras, em especial de Alemão como Língua Estrangeira, com base na perspectiva da Pedagogia Pós-Método e no conceito de aprendizagem como participação. Partindo de um levantamento que aponta a pouca presença de textos autênticos em diversos livros didáticos para o ensino de alemão de níveis iniciais (nível A2 do Quadro Europeu Comum), e levando-se em conta que o livro didático ainda é o principal instrumento de ensino na maioria das instituições, essa pesquisa busca refletir sobre as consequências desse cenário para o desenvolvimento de um ensino crítico e transformador. Assim, a pesquisa visa problematizar as diferenças entre textos autênticos, adaptados e semi-autênticos presentes em livros didáticos internacionais de alemão como língua estrangeira, e refletir sobre alguns possíveis efeitos decorrentes do uso de cada um desses materiais para as perspectivas citadas. Tomando por base os parâmetros da Pedagogia Pós-Método elaborados por Kumaravadivelu (2006) e o conceito de aprendizagem como participação baseado em Lave & Wenger (1991), somado ao conceito de comunidade discursiva de Swales (1990), foram realizadas análises comparativas entre textos autênticos e adaptados dos gêneros textuais entrevista e notícia de jornal, observando que elementos foram mantidos ou omitidos na adaptação, e como eles poderiam contribuir ou dificultar a realização de um ensino crítico e a participação periférica legítima do aprendiz nas comunidades discursivas da língua-alvo. A partir dessas análises, constatou-se que, nos textos adaptados, elementos polêmicos ou tristes foram excluídos, além de referências externas e informações pessoais. Com isso, constatou-se que os textos adaptados tendem a transmitir uma mensagem positiva sobre o país e a cultura da língua-alvo, relacionada principalmente ao sucesso profissional, o que não ocorre nos textos autênticos, que trazem visões mais realistas e diversificadas da cultura-alvo. Uma análise posterior com textos semi-autênticos dos mesmos gêneros constatou que essas tendências encontradas nos textos adaptados também estão presentes nesses textos, tornando o livro didático um cartão postal da língua-alvo (BOLOGNINI, 1991), ao invés de um instrumento que colabora com a participação e o desenvolvimento da reflexão do aprendiz. Ainda, uma análise de texto autêntico do gênero entrevista presente em um livro didático mostra que o texto autêntico, mesmo quando inserido em um livro didático, propicia maior participação do aprendiz em discursos da cultura-alvo, além de possuir maior potencial de desenvolvimento da reflexão. Também foi ressaltado o papel do professor para o desenvolvimento da reflexão e participação em sala de aula, reconhecendo sua importância na mediação entre aprendiz e texto, mas também levantando questões sobre o alcance de suas possibilidades de trabalho com os livros didáticos convencionais e sobre a necessidade de preparo para lidar com materiais externos ou não simplificados. Por fim, apresentou-se uma proposta sobre o entendimento do conceito de participação periférica legítima no ensino de línguas estrangeiras, por meio da leitura de textos autênticos, possibilidade que pode ser ampliada em trabalhos futuros.
Título em inglês
Authentic, adapted and semi-authentic texts in German as a foreign language teaching: considerations from the perspective of post-method pedagogy and concept of learning as participation
Resumo em inglês
The present research aims to rethink the role of authentic texts in foreign language teaching and learning, especially of German as a foreign language, based on the perspective of the post-method pedagogy and the concept of learning as participation. Starting from a survey that shows little presence of authentic texts in textbooks for German as a foreign language for beginner levels (A2 level of European Framework of Reference), and taking into account that textbooks are still the main tool for teaching in most institutions, this research seeks to think about the consequences of this scenario on the development of a critical and transformative teaching. Hence, this work expects to problematize the differences between authentic, adapted and semi-authentic texts included in international textbooks of German as a foreign language, and speculate on some possible effects resulting from the use of each of these materials for the mentioned perspectives. Based on the parameters of the post-method pedagogy elaborated by Kumaravadivelu (2006) and the concept of learning as changing participation by Lave & Wenger (1991), combined with the concept of discourse community from Swales (1990), comparative analyses between authentic and adapted texts from the genres interview and newspaper article were carried out, noticing which elements of the authentic text were retained or omitted in the adaptation, and how they could support or hinder the realization of a critical teaching and learners legitimate peripheral participation in discourse communities of the target language. The analyses results reveal that adapted texts usually convey a positive message about the country and culture of the target language, related mostly to professional success, and the same does not occur in authentic texts, which bring more realistic and diversified points of view of the culture of the target language. Subsequent analyses with semi-authentic texts show that the tendencies found in adapted texts are also present in semi-authentic texts, which turns the textbook into a postcard of the target language (BOLOGNINI, 1991) instead of a tool that helps the participation and the development of critical awareness of the learner. Moreover, an analysis of an authentic interview included in a textbook shows that authentic texts, even when included in a textbook, can provide more opportunities of learner participation in discourses of the target-culture and have greater potential of developing learner awareness. The role of teachers in developing learners critical awareness and participation in foreign language classroom was also highlighted, acknowledging their value in the mediation between the learner and the text, but also raising questions about the range of their freedom when working with conventional textbooks and the need of specific instruction to deal with other materials, especially the ones which are not previously facilitated for language teaching and learning. Lastly, a proposal on the understanding of the concept of legitimate peripheral participation in foreign language teaching through reading of authentic texts was presented, which can be enhanced in future research.
 
Data de Publicação
2016-03-01
 
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.