• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2010.tde-13102010-150214
Documento
Autor
Nome completo
Maria Luisa Barrio Arconada
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Marco, Valeria De (Presidente)
Foglia, Graciela Alicia
Kulikowski, Maria Zulma Moriondo
Título em português
Max Aub e os campos franceses: oralidade e registro coloquial em treze contos do Laberinto mágico
Palavras-chave em português
Campos franceses
Contos de El laberinto mágico
Max Aub
Oralidade
Registro coloquial
Resumo em português
Este trabalho tem como foco a análise da função da oralidade e do registro coloquial em treze contos do ciclo El Laberinto mágico, do escritor espanhol Max Aub, que se ocupam da vida nos campos de concentração franceses criados ao final da Guerra Civil Espanhola para internar a massa de vencidos que então cruzou os Pirineus. O corpus é composto pelos seguintes textos: Vernet, 1940, Una historia cualquiera, Historia de Vidal, Los creyentes, Un traidor, Manuel el de la Font, El limpiabotas del Padre Eterno, Yo no invento nada, Ruptura, El cementerio de Djelfa, Manuscrito cuervo: historia de Jacobo, Playa en invierno e Ese olor. A análise pauta-se no exame dos seguintes elementos: léxico, sintaxe, formas de tratamento, registros de fala, presença de frases feitas, uso de provérbios e nível sociocultural e lingüístico do narrador e dos personagens.
Título em inglês
Max Aub and the French fields: orality and colloquial register in thirteen tales from Laberinto mágico
Palavras-chave em inglês
Colloquial register
Concentration camps in France
Max Aub
Orality
Short stories from El laberinto mágico
Resumo em inglês
This paper focuses on the analysis of the function of orality and the colloquial register observed in thirteen short stories written by the Spanish writer Max Aub, in the cycle El Laberinto mágico. These short stories are about life in the concentration camps the French created in France at the end of the Spanish Civil War in order to hold the defeated and broken men and women that crossed the Pyrenees and then became inmates of such camps. The corpus encompasses the following stories: Vernet, 1940, Una historia cualquiera, Historia de Vidal, Los creyentes, Un traidor, Manuel el de la Font, El limpiabotas del Padre Eterno, Yo no invento nada, Ruptura, El cementerio de Djelfa, Manuscrito cuervo: historia de Jacobo, Playa en invierno and Ese olor. The analysis is based on the study of the following elements: lexicon, syntax, forms of address, records of spoken language, occurrence of idioms, use of proverbs, as well as the socio-cultural and linguistic level of the narrator and the characters.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-10-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.