• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-13122016-122305
Documento
Autor
Nome completo
Vitor Kawakami
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Arnaiz, Idalia Morejón (Presidente)
Olmos, Ana Cecilia Arias
Ospina, Alfredo Laverde
Título em português
A revista colombiana Mito e os alcances do seu discurso político-cultural
Palavras-chave em português
Cânone
Intelectuais e política
Literatura colombiana
Periódicos literários latino-americanos
Revista Mito
Resumo em português
Bastante significativa tem sido a atenção que críticos, historiadores ou pesquisadores de literatura colombiana vêm dando a Mito - revista bimestral de cultura (1955-1962) nas últimas décadas. O interesse despertado sobre essa publicação promovida por escritores como Jorge Gaitán Durán, Hernando Valencia Goelkel, Pedro Gómez Valderrama, Eduardo Cote Lamus, Rafael Gutiérrez Girardot e Jorge Eliécer Ruiz, para mencionar aqueles que foram seus principais responsáveis, reside principalmente na eficácia editorial que logrou a realização de 42 números de uma revista de indiscutível qualidade literária, tanto em termos críticos quanto de divulgação estética. A revista contou com inúmeros colaboradores de relevância literária nacional e internacional e por meio de suas páginas os leitores colombianos entraram em contato com correntes de pensamento que ajudaram a modernizar o ambiente intelectual e cultural do país. Como parte de um ambicioso projeto, a revista Mito foi também promotora de uma casa editorial de livros e de um programa radiofônico homônimos que, juntos, atuando simultaneamente nos campos culturais e políticos, contribuíram para marcar a cultura colombiana de tal forma que seus realizadores foram convertidos em obrigatórias referências canônicas na literatura do século XX em Colômbia e América Latina. O presente trabalho de pesquisa procurou identificar a trajetória do discurso político-cultural da revista Mito, assim como de suas ampliações dentro do que aqui denominamos como Projeto Mito, que surgiu diante da violenta crise social do país, foi alimentado pela necessidade de transformações dessa realidade, pela premência de liberdade total do ser humano, e teve como principais suportes argumentativos a tolerância opinativa associada ao antidogmatismo ideológico. Como consequência após o fim da publicação, o imaginário criado por esse eficaz e influente discurso acabou por proporcionar o acesso de seus intelectuais aos campos de poder, fato que não apenas permitiu o estabelecimento consagrador de suas realizações literárias como o de sua manutenção canônica ao longo dos anos, numa espécie de conservação discursiva perene em que residem complexos problemas de ordem historiográfica como os de tradição/ruptura ou de sincronia/diacronia. Para isso, a pesquisa inicialmente contou com estudos relacionando Mito com revistas e publicações periódicas nacionais antecessoras (Los Nuevos, Lecturas Dominicales de El Tiempo, Revista de las Indias e Crítica) e internacionais (Les Temps Modernes, Sur, Revista Mexicana de Literatura) em busca de influências ou uma comprovação de certa continuidade discursiva que pudesse conotar alguma tradição editorial; depois passou à devida leitura dos principais aspectos culturais publicados nas páginas da revista ou apreendidos do projeto como um todo, assim como à leitura que permitiu a identificação de sua representação política tomando alguns casos polêmicos para análise; para finalmente se dedicar à compreensão dos alcances do discurso político-cultural de Mito entre os campos do poder e da literatura em termos de política cultural e de historiografia.
Título em inglês
The Colombian magazine Mito and its political-cultural speech reach
Palavras-chave em inglês
Canon
Colombian literature
Intelectuals and politic
Latin-American periodic literary
Mito magazine
Resumo em inglês
In the last decades, it has been very significant the attention given by critics, historians or Colombian literature researchers to Mito bimonthly magazine of culture (1955-1962). The interest generated about this publication promoted by Jorge Gaitán Durán, Hernando Valencia Goelkel, Pedro Gómez Valderrama, Eduardo Cote Lamus, Rafael Gutiérrez Girardot and Jorge Eliécer Ruiz, mentioning those who were mainly responsible for this, was especially due to the editorial efficacy that enjoyed the achievement of 42 numbers of an unquestionable literary quality, in critical terms and esthetic propagation. The magazine had many collaborators with national and international relevance and through its pages the Colombian readers could be in touch with lines of thoughts that were helpful to became more modern the intellectual and cultural environment of the country. Mito magazine also promoted an editorial house of books and a radio program, both homonyms, as part of an ambitious project that together acted simultaneously in politics and cultural fields and contributed so expressively to mark Colombian culture that their directors were converted to canonic mandatory references for literature of XX century in Colombia and Latin America. The present research aimed to identify the journey of political-cultural speech from Mito magazine, and its extensions inside of what we considered here as Mito Project, that emerged due to the violent social crisis of the country and was supplied by the necessity of changing this reality, by the urgency of total liberty from human being and that has as main argumentative support the opinionated tolerance associated to ideological anti-dogmatism. As a consequence by the end of this publication, the imaginary created by this effective and influent speech promoted to its intellectuals the access to powerful fields, fact that not only permitted them the strong establishment of their literary performances as the canonic maintaining position along the years, as kind of perennial discursive conservation where lives complexes issues related to historiographical as traditional/rupture or synchrony/diachrony. For that, the research initially used as reference studies that made a relationship between Mito and previous national and international periodic magazines and publications (Los Nuevos, Lecturas Dominicales de El Tiempo, Revista de las Indias and Crítica / Les Temps Modernes, Sur, Revista Mexicana de Literatura) in order to look for influences or kind of discursive evidence that could cogitate any editorial tradition; after that it crossed over to the proper reading of main cultural aspects published in magazines pages or got form the project at all including the reading that allowed the identification of its politic representation, taking some polemic cases for the analysis; for finally dedication to the comprehension of political-cultural speech reach from Mito between power and literature fields in terms of cultural politic and historiography.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-12-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.