• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Marcella dos Santos Abreu
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Pietraroia, Cristina Moerbeck Casadei (Presidente)
Cristovão, Maria Lucia Claro
Marinelli, Vera Lucia
Rodrigues, Livia de Araújo Donnini
Título em português
Ensino-aprendizagem de língua francesa na escola brasileira: memória, visibilidade e resistência de corpos pedagógicos
Palavras-chave em português
Corpos pedagógicos
Documentação pedagógica
Educação básica
Língua francesa
Memória
Resumo em português
O presente trabalho tem como referência dois contextos de imposição de reformas sobre a educação básica brasileira: o primeiro decorrente da lei federal 5.692 (BRASIL, 1971) e o segundo, da Medida Provisória (MP) 746 (BRASIL, 2016), seguida da lei 13.415 (BRASIL, 2017). Ao investigar esses dois momentos, esta tese visa demonstrar a potência do trabalho de memória (BOSI, 2012) e de registro (ZABALZA, 2004; MELLO; BARBOSA; FARIA, 2017) para a discussão sobre o ensino-aprendizagem de língua francesa nas escolas do Brasil. Por meio de uma investigação sobre documentos e lembranças que apontam práticas daquela disciplina no Instituto Caetano de Campos entre 1960 e 1970, constatam-se silenciamentos (ORLANDI, 2007) de vozes docentes, bem como retrocessos políticos que ecoam permanentemente em nossos currículos. Ao longo do primeiro semestre letivo de 2018, buscamos ressignificar tal constatação, realizando uma pesquisa autoetnográfica em Escola de Ensino Fundamental onde o francês foi inserido como componente curricular. Como resultado dessa experiência de ressignificação e de conexão entre o passado e o futuro, emerge o protagonismo da documentação pedagógica (REGGIO EMILIA, 2014), para tornarem visíveis e possíveis a constituição e a resistência de corpos pedagógicos (TELLIER, CADET, 2014) que, a despeito de ciclos recessivos, ousam ensinar línguas estrangeiras, notadamente, o francês, em comunidades de aprendizagem do país.
Título em inglês
French language teaching and learning in Brazilian school: memory, visibility and resistance of pedagogical bodies
Palavras-chave em inglês
Basic education
French language
Memory
Pedagogic documentation
Pedagogical bodies
Resumo em inglês
This research has as reference two contexts of imposition of reforms on Brazilian basic education: the first resulting from the federal law 5.692 (BRASIL, 1971) and the second from the Provisional Measure 746 (BRAZIL, 2016), followed by law 13.415 (BRAZIL, 2017). In order to investigate these two moments, this thesis aims to demonstrate the power of memory work (BOSI, 2012) and registration (ZABALZA, 2004; MELLO; BARBOSA; FARIA, 2017) for the discussion on French language teaching and learning in schools of Brazil. Through a research on documents and memories that point to practices of that discipline in Instituto Caetano de Campos between 1960 and 1970, we can see the silence (ORLANDI, 2007) of teachers' voices, as well as political setbacks that echo permanently in our curricula. During the first academic semester of 2018, we sought to re-signify this finding, performing an autoethnographic research in Elementary School where French was inserted as a curricular component. As a result of this experience of re-signification and connection between the past and the future, the protagonism of pedagogical documentation emerges (REGGIO EMILIA, 2014) to make visible and possible the constitution and resistance of pedagogical bodies (TELLIER, CADET, 2014) who, despite recessive cycles, dare to teach foreign languages, notably French, in learning communities of the country.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.