• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-25072011-174449
Documento
Autor
Nome completo
Sonia Maria da Silva Fuhrmann
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Ishihara, Tokiko (Presidente)
Camarani, Ana Luiza Silva
Campos, Regina Maria Salgado
Título em português
Dos 'Essais de Michel de Montaigne': tradução e reformulação
Palavras-chave em português
Ensaios
Heterogeneidades
Montaigne
Reformulação
Tradução
Resumo em português
A tradução de Sérgio Milliet dos Essais de Michel de Montaigne para o português brasileiro envolve um trabalho de leitura, interpretação e escritura em várias frentes: estilística, retórica, linguística, antropológica, histórica, etc. O objetivo deste trabalho é identificar como foram traduzidos os pontos de inflexão nos quais os discursos do Outro aparecem no de Montaigne. O fio condutor do estudo pelo texto montaigneano representado pelo o paratexto páginas de rosto, prefácios e notas das edições francesas e das edições usadas na tradução leva, em torno da noção de reformulação, às heterogeneidades enunciativas e à tradução da escritura. O percurso traçado faz com que a reformulação, no sentido amplo da comunicação, seja pensada como uma noção operatória na abordagem de questões discursivas. O princípio que norteia o trabalho é baseado numa análise do discurso que considera o interdiscurso como origem de todo discurso e a heterogeneidade enunciativa como constitutiva da linguagem. Assim, a leitura/interpretação dos capítulos leva em conta a maneira como alguns traços da heterogeneidade a citação e a ironia se realizam na escritura do texto de Montaigne e nas traduções. A partir da observação empírica das traduções em francês moderno e em português brasileiro, nota-se que esses traços, diferentemente reformulados, trazem para dentro dos novos textos características que podem ser atribuídas às representações, sociais e individuais, dos próprios tradutores.
Título em inglês
Essais de Michel de Montaigne: translation and reformulation
Palavras-chave em inglês
Essays
Heterogeneities
Montaigne
Reformulation
Translation
Resumo em inglês
The Brazilian Portuguese translation of the Essais de Michel de Montaigne by Sérgio Milliet involves an effort of reading, interpretation and writing in many ways: stylistic, rhetoric, linguistic, anthropological, historical, etc. This work aims at the identification of how those points of inflexion in which the Others discourse shows up in Montaignes discourse were translated. The paratextual title pages, prefaces and notes of the French editions were the connecting thread through Montaignes texts to the enunciative heterogeneities and to the translation. The reformulation is, in the broad sense of communication, an operating notion in the approach of discourses questions. The research is based on the discourse analysis, which considers the interdiscourse as the origin of all discourse and the heterogeneity as a constructive element of language. The reading/interpretation of chapters takes into account the heterogeneities citation and irony that appear in Montaignes writing and in the translations. From the empirical observation of translations to modern French and to Brazilian Portuguese we noticed that these features, formulated in a different way, bring to the new texts some characteristics that may be imputed to the social and individual representations of the translators themselves.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-07-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.