• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-03102011-084313
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Molina Turra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Grigoletto, Marisa (Presidente)
Celada, Maria Teresa
Coracini, Maria José Rodrigues Faria
Título em português
O discurso acadêmico e a formação do professor de língua estrangeira: questões sobre o ensino, o sujeito e o impossível
Palavras-chave em português
Discurso
Formação de professores
Língua estrangeira
Sujeito
Resumo em português
O presente trabalho teve como objetivo central investigar os efeitos de sentido produzidos em textos acadêmicos sobre o ensino de língua estrangeira pela concepção de sujeito que subjaz a eles. Aceitando o pressuposto de que a noção de sujeito, apesar de ser tomada na evidência de sentido em alguns discursos que compõe o campo teórico da Linguística Aplicada, é estruturante de qualquer reflexão sobre o ensino, formulo a hipótese de que tal noção em cada teoria/abordagem produz diferenças nas teorizações e propostas a respeito das ações do professor sobre o aluno (ou seja, a relação professor-aluno) e também a respeito da relação da teoria com a prática, no fazer pedagógico. Compuseram o quadro teórico central para as análises as reflexões da Análise do Discurso que vêm sendo desenvolvidas no Brasil a partir dos textos do grupo de Michel Pêcheux, matizadas por uma leitura das reflexões foucaultianas sobre saber e poder, além de uma discussão sobre as (im)possibilidades de articulação com a Psicanálise. Para dar forma à discussão proposta, os artigos acadêmicos que compõem o corpus foram selecionados a partir de três revistas especializadas na área investigada e tinham como temática a formação de professores de língua estrangeira. Observou-se, com a análise do material, que duas noções de sujeito são discursivizadas: uma que denominei sujeito sociológico e outra, sujeito discursivo, cada uma delas estabelecendo limites e alcances aos discursos que constituem. A noção de sujeito sociológico posta em jogo no Discurso Reflexivo produz em tal discurso um regime homogeneizante tanto nas relações professor-aluno (enunciada como uma relação simétrica) quanto na relação teoria-prática (enunciada na forma de uma aplicabilidade). Por outro lado, a noção de sujeito discursivo, articulada na malha do discurso da Análise do Discurso sobre o ensino, produz um regime de heterogeneidade tanto na relação professor-aluno (em que são visibilizados os jogos de poder que a constituem) quanto na relação teoria-prática, em que esta traz em sua estrutura a impossibilidade da completude, levantando uma barreira que só pode ser atravessada subjetiva e singularmente. O estudo, portanto, acabou por validar a hipótese lançada inicialmente, concluindo que a noção de sujeito é estruturante de qualquer reflexão sobre o ensino, devendo, dessa forma, ser problematizada nos cursos de formação de professores.
Título em inglês
Academic discourse and foreign language teacher education: issues on teaching, subject and the impossible
Palavras-chave em inglês
Discourse
Foreign language
Subject
Teacher education
Resumo em inglês
This study aimed to investigate the effects of sense produced in academic texts on foreign language teaching by the concept of subject that underlies them. Accepting the assumption that the notion of subject, although taken as evidence of sense in some discourses that constitute the theoretical field of Applied Linguistics, is at the basis of any reflection on teaching, I formulate the hypothesis that this notion produces significant differences in each theory/approach in the theorization and proposal of actions about the teacher-student relation, as well as about the theory-practice relation, i.e. the pedagogical practice. The central theoretical framework for the analysis is the reflections of Discourse Analysis as carried out in Brazil and which are based on a reading of Pêcheuxs texts, crossed by Foucault's reflections on knowledge and power as well as a discussion on the (im)possible dialogue with Psychoanalysis. To form the foregoing discussion, the academic papers that comprise the corpus were selected from three journals in the given study area and had as its theme the education of foreign language teachers. The analysis of the material allowed for the perception that two notions of subject are discursivized: the one that I called a sociological subject and the other named a discursive subject; each of them setting limits and a scope to the discourses they constitute. The notion of the sociological subject brought into play in Reflective Discourse produces in such a discourse a homogeneous regime both in the teacher-student relation (stated as a symmetric relation) and in the bonds between theory and practice (stated in the form of an applicability). On the other hand, the notion of the discursive subject, articulated in the fabric of the Discourse Analysis discourse on education, produces a system of heterogeneity both in the teacher-student relation (bringing to light its constitutive power games) and in the theory-practice relation, which brings in its structure the impossibility of completeness, raising a barrier that can only be crossed subjectively and singularly. The study, therefore, seems to have validated the hypothesis initially raised, allowing for the conclusion that the notion of subject is structuring of any reflection on teaching and should thus be questioned in teacher education courses.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-10-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.