• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-06112014-115951
Documento
Autor
Nome completo
Giuliana Gramani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Cevasco, Maria Elisa Burgos Pereira da Silva (Presidente)
Aleixo, Antonio Marcos
Ilari, Mayumi Denise Senoi
Título em português
Mudanças e permanências: a indústria cultural e os anos 60 em I'm Not There, de Todd Haynes
Palavras-chave em português
Canção de protesto
Contracultura
Estados Unidos
Filme
Indústria cultural
Resumo em português
O presente trabalho tem por objetivo analisar o filme Im Not There (Não estou lá, EUA, 2007), dirigido pelo norte-americano Todd Haynes. A análise terá como seu principal objetivo detectar o tema central da obra, que retrata a vida e carreira de Bob Dylan através de seis personagens bastante distintos. Para isso, serão observados mais minuciosamente três personagens da película, os mais ligados ao universo musical, a saber, o menino que se apresenta como Woody Guthrie, Jack Rollins e Jude Quinn. Os outros três personagens (Robbie Clark, Arthur Rimbaud e Billy the Kid) serão discutidos à medida que suscitam temas relevantes para a compreensão da obra. Tal análise permite concluir que o tema central de Im Not There é a indústria cultural. A partir disso, é possível então ver de que maneira essa questão é abordada pelo filme e como ela serve de ponto de partida para uma discussão mais ampla, sobre o panorama social e político da década de 1960 nos Estados Unidos. Por fim, será debatida a importância de um filme contemporâneo ter como mote os anos 60 e como o próprio Im Not There, enquanto objeto de cultura, se relaciona com a discussão que ele próprio propõe sobre a indústria cultural
Título em inglês
Changes and continuities: the cultural industry and the 1960s in Im Not There, by Todd Haynes
Palavras-chave em inglês
Counterculture
Culture industry
Film
Protest songs
United States
Resumo em inglês
The aim of the present work is to analyze the movie Im Not There (USA, 2007), by the American director Todd Haynes. The analysis will have as its main goal pinpointing the central theme of the movie, which portrays the life and career of Bob Dylan through six very distinct characters. Therefore, three characters will be thoroughly observed, the ones more closely connected to the musical universe, namely the boy who presents himself as Woody Guthrie, Jack Rollins and Jude Quinn. The other three characters (Robbie Clark, Arthur Rimbaud and Billy the Kid) will be discussed insofar as they raise relevant issues for understanding the film. This analysis leads to the conclusion that the main topic in Im Not There is the culture industry. It is thus possible to see in which way the movie deals with this issue and how the theme works as a starting point for a broader discussion concerning the social and political panorama of the 1960s in the United States. Finally, it is necessary to debate the importance of a contemporary movie having as its topic the 1960s and how Im Not There itself, as a cultural object, relates to the discussion it proposes regarding the culture industry
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-11-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.