• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.8.2016.tde-08082016-113652
Documento
Autor
Nombre completo
Laura Fortes
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Grigoletto, Marisa (Presidente)
Celada, Maria Teresa
Diniz, Leandro Rodrigues Alves
Lopes, Carlos Renato
Mascia, Marcia Aparecida Amador
Título en portugués
Entre o silêncio e o dizível: um estudo discursivo de sentidos de bilinguismo, educação bilíngue e currículo em escolas bilíngues português-inglês
Palabras clave en portugués
Análise de discurso
Bilinguismo
Currículo
Escola bilíngue português-inglês
Silenciamento
Resumen en portugués
Esta pesquisa propõe uma análise discursiva de sentidos de bilinguismo, educação bilíngue e currículo em escolas bilíngues português-inglês no sistema educacional brasileiro. Os percursos da análise se fizeram a partir de uma entrada, teoricamente orientada pela análise de discurso pecheutiana, num complexo de discursividades heterogêneas configuradas sobre o real da expansão dessas escolas, frequentemente justificado por uma demanda crescente pela aquisição da língua inglesa cada vez mais cedo. Tendo em vista esse complexo de discursividades, o corpus de pesquisa foi configurado a partir da construção de quatro arquivos: a) arquivo do discurso científico sobre bilinguismo, constituído de um levantamento das pesquisas e publicações acadêmicas sobre esse tema; b) arquivo do discurso político-educacional, constituído de documentos legislativos, normativos e curriculares; c) arquivo do discurso institucional, constituído de textos disponibilizados nos sites das escolas e na mídia jornalística/publicitária; d) arquivo do discurso profissional, constituído de entrevistas com professores e coordenadores do Ensino Fundamental de três escolas bilíngues na cidade de São Paulo. Na primeira parte da pesquisa, são analisadas a formação de conceitos, as condições de produção e a circulação de sentidos de bilinguismo e educação bilíngue nos três primeiros arquivos (científico, político-educacional e institucional). Na segunda parte da pesquisa, focaliza-se a análise discursiva de sentidos do currículo da escola bilíngue português-inglês nos dizeres do discurso profissional, considerando possibilidades de seu atravessamento pelas discursividades analisadas na primeira parte. Uma das questões iniciais que mobilizou a investigação foi assim formulada: como se constituem e se organizam os saberes sobre a(s) língua(s) nessas instituições, considerando que essa modalidade de ensino não é contemplada por uma regulamentação específica? A análise indicou que os sentidos dessa ausência funcionam diferentemente, num processo discursivo que hipotetizamos como uma tensão entre o silêncio e o dizível produzida pela (des)regulação do discurso político-educacional. Formulou-se a hipótese inicial de que os sentidos sobre o ensino de inglês na modalidade bilíngue são produzidos por um pré-construído, um já-dito, que funciona a partir de uma memória de deslegitimação do ensino da língua inglesa na educação básica brasileira. No decorrer da pesquisa, entretanto, essa hipótese foi apenas parcialmente confirmada, pois se constatou a incidência de outros sentidos nesse processo discursivo, em que ganhou destaque a representação da língua como mediação, configurando um imaginário de tensão entre o aprender em inglês e o aprender inglês. A partir da análise, concluímos que um olhar sobre o currículo como instrumento linguístico poderia constituir um caminho fértil de interpretação desses sentidos, uma tomada de posição que demandou deslocamentos teóricos na busca por possibilidades de entremeio.
Título en inglés
Between the silenced and the sayable: a discursive study of meanings of bilingualism, bilingual education and curriculum in Portuguese-English bilingual schools
Palabras clave en inglés
Bilingualism
Curriculum
Discourse analysis
Portuguese- English bilingual school
Silencing
Resumen en inglés
This research proposes a discursive analysis of meanings of bilingualism, bilingual education and curriculum in Portuguese-English bilingual schools in the Brazilian educational system. Drawing on the materialist discourse analysis framework proposed by Michel Pêcheux in the 1970s, it examines a complex of heterogeneous discursivities shaping the real of the fast increasing number of those schools, which is often justified by a growing demand for the acquisition of the English language at an earlier age. In view of that complex of discursivities, research data comprises texts from four archives: a) scientific discourse on bilingualism, consisting of a bibliographic survey of academic research and publications on bilingualism; b) political-educational discourse, consisting of national/state language policies and curriculum guidelines; c) institutional discourse, consisting of texts available on bilingual schools websites and news/advertising media; d) professional discourse, consisting of interviews with teachers and coordinators of three bilingual schools in the city of São Paulo. The first part of the research analyzes the formation of concepts, the conditions of production and circulation of meanings of bilingualism and bilingual education in the first three archives (scientific, political-educational and institutional). The second part of the research focuses on a discursive analysis of meanings of Portuguese-English bilingual schools curricula in professional discourse, considering possibilities of its imbrications with the discourses analyzed in the first part. The main research question was formulated as follows: how is knowledge about language(s) constituted and organized in those school institutions, considering that Portuguese-English bilingual education is not regulated by law? The analysis indicates that the meanings of this lack of regulation function differently in a discursive process interpreted as a tension between the silenced and the sayable which is produced by the (de)regulation of political-educational discourse. The initial hypothesis predicted that meanings of English language teaching in bilingual education provision were produced by the preconstructed (the already said of other discourses) evoked by a social-historical memory of delegitimation of English language teaching in the Brazilian educational system. However, that hypothesis was only partially confirmed, as an incidence of other meanings was found in this discursive process, such as the representation of language as mediation, which has configured an imaginary of tension between learning in English and learning English We concluded that these meanings could be better understood if the curriculum were interpreted as a linguistic tool.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-08-08
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.