• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2016.tde-09082016-093021
Documento
Autor
Nome completo
Regiane Corrêa de Oliveira Ramos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Izarra, Laura Patricia Zuntini de (Presidente)
Aldrovandi, Cibele Elisa Viegas
Garmes, Helder
Rajagopalan, Kanavillil
Souza, Lynn Mario Trindade Menezes de
Título em inglês
Amitav ghoshs Sea of poppies (2008): a web of gender, cultural and mythic relations in the nineteenth-century colonial India
Palavras-chave em inglês
Amitav Ghosh
Indian English Literature
Indian myths
Resumo em inglês
This doctoral dissertation focuses on Amitav Ghoshs Sea of Poppies (2008) to investigate, from a postcolonial perspective, the way in which the writer deconstructs gender in the nineteenth-century India. In Chapter I, I analyze men and women within the Indian familial space in the nineteenth century, demonstrating how both are subjected to the disempowering effects of traditional rituals (such as sati), structures of Brahminical morality and patriarchal violence. The main character pair Deeti and Kalua is an example of how the persons are sexually assaulted (rape) and then silenced by an oppressive system. Chapter II, I examine men and women within the British colonial space, indicating how they are effected by the opium cultivation in the Indian hinterland. The peripheral characters peasants, eurasian and convicts are highlighted to show how they are uprooted from homeland and forced to be taken across the seas by the colonial administration to work as indentured labour. In Chapter III, I investigate the gender roles ascribed to Indians by the British colonizers. The secondary character pair Nob Kissin and Taramony shows how Ghosh deconstructs gender with the use of Indian mythology and storytelling. In the conclusion, I point out how Indian mythology is retrieved as an instrument of resistance.
Título em português
Sea of poppies (2008) de Amitav Ghosh: uma rede de relações de gênero, cultura e mito na Índia colonial do século XIX
Palavras-chave em português
Amitav Ghosh
Literatura indiana de língua inglesa
Mitos indianos
Resumo em português
Esta tese de doutorado tem como objetivo investigar, sob a luz do questionamento póscolonial, como Amitav Ghosh em Sea of Poppies (2008) desconstrói a narrativa colonial sobre gênero na Índia colonial no século XIX. No Capítulo I, analiso homens e mulheres dentro do espaço familiar indiano, demonstrando como ambos estão sujeitos aos efeitos de desempoderamento dos rituais (como sati), da moralidade bramânica e da violência patriarcal. As personagens Deeti e Kalua exemplificam como os sujeitos, vítimas de violência sexual (estupro), são silenciados pelo sistema opressor. No Capítulo II, examino homens e mulheres dentro do espaço colonial britânico, indicando como os indivíduos são afetados pelo cultivo do ópio na Índia. As personagens periféricas camponeses, anglo-indianos e condenados servem de exemplo para destacar como essas pessoas são arrancadas de seu país e forçadas a migrar para as colônias inglesas. No Capítulo III, investigo como os ingleses inferiorizam os indianos. As personagens secundárias Nob Kissin e Taramony mostram como o conceito de gênero é desconstruído através da mitologia. Concluo argumentando que Amitav Ghosh faz uso da mitologia indiana como um instrumento de resistência.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-08-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.