• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2009.tde-16092009-170337
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Rosenthal Knoepfelmacher
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Izarra, Laura Patricia Zuntini de (Presidente)
Candia, Michela Rosa Di
Paro, Maria Clara Bonetti
Título em português
A questão da mulher e a ordem social: o humor em Dorothy Parker
Palavras-chave em português
Conto
Estados Unidos da América
Humor
Mulher
Sátira
Resumo em português
Essa dissertação tem como objetivo analisar os contos da escritora Dorothy Parker em diálogo com seus poemas, tendo em vista a modernidade com a qual construiu suas histórias e o papel do humor em sua criação. Ao analisar as obras dessa autora de grande destaque nos Estados Unidos da América do Norte, nos anos 1930, veremos como o humor se transforma numa importante ferramenta que se relaciona com a construção do feminino e com a questão social da mulher, a fim de desestabilizar e transformar o status quo. O estudo, com o apoio teórico de Vladimir Propp e de Henri Bergson, intenciona demonstrar que, embora Dorothy Parker possa ser considerada uma escritora datada, seu senso satírico continua atual e reflete claramente o contexto no qual as mulheres estavam inseridas.
Título em inglês
Question of the women and social order: the humor in Dorothy Parker
Palavras-chave em inglês
Humour
Satire
Short story
United States of America
Woman
Resumo em inglês
The aim of this study is to analyse Dorothy Parker´s short stories in dialogue with her poems in order to show the modernity of her writings and the function played by humour. Analysing the works of the great american writer in the thirties, we see how humour is used as a tool in the construction of the feminine and the social role of women, with the purpose of destabilizing and making a change in the status quo. The theoretical framework based on Vladimir Propp and Henri Bergson helps to demonstrate that in spite of Dorothy Parker´s work being considered dated by some, the satiric sense that emerges from her writings is still present in our times and reveals the context in which those women were inserted.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-09-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.