• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2009.tde-18112009-163255
Documento
Autor
Nome completo
Rose Yukiko Sugiyama
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Izarra, Laura Patricia Zuntini de (Presidente)
Candia, Michela Rosa Di
Pino, Claudia Consuelo Amigo
Título em português
Espacialidades narrativas: uma leitura de An Artist of the Floating World de Kazuo Ishiguro
Palavras-chave em português
Espaço
Heterotopias
Ishiguro
Rememoração
Sobreposições
Resumo em português
Nesta dissertação, o exame de An Artist of the Floating World, de Kazuo Ishiguro, adota a espacialidade como vetor interpretativo do romance. Ao considerarmos o espaço como um dado estruturante sobre o qual outros elementos narrativos se apóiam e se desenvolvem, apontamos alguns modos de tratamento do espaço na literatura para verificar as formas de sua consecução na obra. Embora o processo de rememoração do narrador protagonista envolva diferentes camadas temporais e espaciais, observamos a existência de um espaço primordial, a partir do qual todos os demais espaços são desdobrados, atuando como uma fonte de sentidos para as experiências vividas pelo protagonista. Pautada por sobreposições espaciais cujas camadas estabelecem relações de complementaridade, a narrativa cria um adensamento na significação dos eventos, dos conflitos e dos papéis vividos pelos personagens. Por meio de tais relações e na perspectiva das considerações críticas de Luis A. Brandão, Georges Poulet e Michel Foucault, buscamos analisar o espaço que rege este romance em suas funções e características heterotópicas.
Título em inglês
Narrative spatialities: a reading of An Artist of the Floating World by Kazuo Ishiguro
Palavras-chave em inglês
Heterotopias
Ishiguro
Remembrance
Space
Superpositions
Resumo em inglês
This dissertation examines An Artist of the Floating World by Kazuo Ishiguro through the category of space. Spatiality is considered a structuring element over which other narrative aspects develop. Some literary ways of space treatment are pointed out in order to verify how they function in this novel. The existence of a primordial space, through which all the other narrative spaces are unfolded, is observed as a source of meanings for the protagonists experiences, even though his process of remembrance implies different levels of time and space. Oriented by spatial superposition, whose levels establish complementary relations, the narrative creates a density of meanings, conflicts, and characters roles. Scrutinizing these relations and considering the critical approaches presented by Luis A. Brandão, Georges Poulet, and Michel Foucault, this dissertation analyses the space that rules this novel in its role and heterotopic features.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ROSE_YUKIKO_SUGIYAMA.pdf (786.29 Kbytes)
Data de Publicação
2009-11-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.