• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2010.tde-25102010-110448
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Fuzita Murata
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Soares, Marcos Cesar de Paula (Presidente)
Alambert Junior, Francisco Cabral
Glaser, André Luiz
Título em português
A representação da realidade social em The Big Lebowski
Palavras-chave em português
Cinema
Indústria cultural
Los Angeles
Mercadoria
Pós-modernismo
Resumo em português
Esta dissertação busca analisar o filme The Big Lebowski (O Grande Lebowski, 1998), escrito e dirigido por Joel e Ethan Coen. Devido à grande quantidade de recursos estilísticos utilizados na construção da narrativa, o filme é considerado um exemplo inequívoco de uma obra pós-moderna. A narrativa não apenas se alimenta de incontáveis referências culturais, por meio da reciclagem de textos anteriores e da mistura de gêneros e estilos, mas também se apoia no uso de várias outras técnicas, como a repetição de motivos visuais, o uso recorrente de clichês e a fragmentação do enredo. Por outro lado, apesar da estética pós-moderna, é difícil ignorar a existência de um conteúdo histórico, uma vez que muitos temas relevantes são inseridos no fluxo da narrativa. A guerra do Golfo, o Reaganismo e os movimentos políticos dos anos 60 são alguns dos temas encontrados no filme, que tem como cenário a cidade de Los Angeles no início da década de 90. Nesse sentido, a nossa hipótese é de que o filme revela uma contradição entre duas tendências opostas: a estética pós-moderna e a representação do conteúdo histórico.
Título em inglês
The representation of social reality in The Big Lebowski
Palavras-chave em inglês
Cinema
Commodity
Culture industry
Los Angeles
Postmodernism
Resumo em inglês
This dissertation aims at analyzing the movie The Big Lebowski (1998), written and directed by Joel and Ethan Coen. Owing to the great amount of stylistic devices deployed to construct the narrative, the movie has been regarded as an unequivocal example of a postmodern work. Not only does the narrative feed on countless cultural references, through the recycling of former texts and the mixture of genres and styles, but it also relies on many other techniques, such as the repetition of visual motifs, the recurrent use of clichés and the fragmented storytelling. On the other hand, despite the postmodern aesthetics, it is difficult to overlook the existence of a historical content, as many relevant themes abound in the narrative flow. The Gulf War, the Reaganism and the political movements of the sixties are some of the themes found in the movie, which is set in the city of Los Angeles in the early nineties. In this sense, our hypothesis is that the movie brings forth a contradiction between two opposing tendencies: the postmodern aesthetics and the representation of the historical content.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-10-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.