• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-28012008-113646
Documento
Autor
Nome completo
Carmem Lúcia Foltran
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Soares, Marcos Cesar de Paula (Presidente)
Allegro, Alzira Leite Vieira
Cevasco, Maria Elisa Burgos Pereira da Silva
Título em português
Formação literária e formações sociais em 'The Awakening' de Kate Chopin
Palavras-chave em português
Kate Chopin
Literatura e História
Literatura Norte-Americana
Narrador onisciente
Século XIX
Resumo em português
No romance The Awakening (1899), de Kate Chopin, a busca da individualidade e da liberdade financeira e sexual da protagonista Edna Pontellier fundem-se à tentativa de realização do amor extraconjugal, que, frustradas, a levam ao suicídio. Essa busca frustrada carrega em si contradições históricas inerentes à ideologia burguesa, que promete igualdade a todos, mas não permite a realização concreta de tal promessa. Essas contradições se fazem presentes não apenas no tema do romance, mas em sua estrutura formal: o recorte sócio-histórico do romance implica uma série de fissuras em sua estrutura, também reveladoras de contradições ideológicas. Para a análise dessa obra, faz-se necessário o estudo das relações sociais traçadas no romance e suas implicações estéticas, como a questão do narrador onisciente e do desenvolvimento da narrativa, os limites desta, bem como os limites da ideologia da modernização.
Título em inglês
Literary form and social formations in 'The Awakening' by Kate Chopin
Palavras-chave em inglês
19th Century
American Literature
Kate Chopin
Literature and History
Omniscient narrator
Resumo em inglês
In The Awakening (1899) the protagonist's search for individuality, economic and sexual freedom merge with the attempt of finding fulfillment outside her marriage. When these possibilities are frustrated, she is drawn to suicide. This unsuccessful quest carries within itself the historical contradictions which are inherent to the bourgeois ideology, which promises equality for all but eventually fails to keep its promise. These contradictions are present not only in the content of the novel, but in its formal structure as well: the historical and social frame of the novel entangles several breaks in its structure, which also reveal ideological contradictions. In order to analyze this novel, it is mandatory to study the social relationships established in it and its aesthetic implications, as well as the question of the omniscient narrator and of how the narrative unfolds; the limits of the latter as well as the limits of the ideology of modernization.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.