• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-28052012-095214
Documento
Autor
Nombre completo
Ana Maria Balboni Palma
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Grigoletto, Marisa (Presidente)
Carmagnani, Anna Maria Grammatico
Neves, Maralice de Souza
Título en portugués
Representações de falantes nativos e não-nativos de inglês no discurso de alunos brasileiros: (des)construindo oposições binárias.
Palabras clave en portugués
Análise do Discurso
Aprendizagem de Língua Inglesa
Falante Não-Nativo
Falante Nativo
Oposições Binárias
Resumen en portugués
Este trabalho tem como principal objetivo analisar as representações do falante nativo e do falante não-nativo de inglês construídas sob o ponto de vista do aluno brasileiro, e as implicações dessas representações no processo de constituição da identidade desse aluno, que tem o português como primeira língua e aprende inglês como língua estrangeira. Nossa hipótese é que a diferença significativa que se observa na relação entre o aluno brasileiro e falantes nativos, de um lado, e entre o mesmo aluno e falantes não-nativos, de outro, afeta as representações construídas pelo aprendiz, podendo resultar numa tentativa de resistência ao lugar aparentemente fixo ocupado pelo brasileiro enquanto falante não-nativo de inglês. A análise dessas representações baseia-se num corpus constituído por dez entrevistas com alunos brasileiros de inglês de uma escola de idiomas de São Paulo. Nossa pesquisa é embasada nos preceitos teóricos da Análise do Discurso, assim como em conceitos dos Estudos Culturais e da perspectiva psicanalista. Com base na análise da materialidade lingüística do corpus, destacamos representações sustentadas por oposições binárias que, se por um lado, parecem imobilizar o sujeito-aluno na relação com o falante nativo, pelo fato de o aluno brasileiro ser sempre representado como o polo negativo da oposição, por outro, permitem, na relação com o falante não-nativo, vislumbrar a possibilidade de um deslocamento dessas representações associadas ao aprendiz brasileiro. Porém, observamos que esse deslocamento é sempre adiado e não se concretiza devido à força que o falante nativo ainda exerce sobre o aluno brasileiro/falante não-nativo. Concluímos que essas representações fixistas, baseadas em oposições binárias, dificultam a prática de ensino de língua inglesa como um lugar de produção de novos sentidos. Com base nessa conclusão, ressaltamos a importância de uma prática pedagógica que vá além do ensino de inglês como mero instrumento de comunicação, permitindo desconstruir as oposições binárias e contribuir para uma ressignificação do lugar do aprendiz brasileiro/falante não-nativo de inglês em relação ao falante nativo e à língua inglesa.
Título en inglés
Representations of native and non-native speakers of English in the discourse of Brazilian students: (de)constructing binary oppositions
Palabras clave en inglés
Binary Oppositions
Discourse Analysis
English Language Learning
Native Speaker
Nonnative Speaker
Resumen en inglés
This work aims at analyzing the representations of native and non-native speakers of English built by Brazilian students, and the implications of these representations to students identity as Portuguese native speakers and learners of English as a foreign language. Our hypothesis is that the significative difference noticed in the relationship between Brazilian students and native speakers of English, on the one hand, and between these students and other non-native speakers, on the other, affects the way Brazilian students represent themselves and other speakers, and may result in an attempt to resist the apparently fixed place occupied by Brazilians as non-native speakers of English. The analysis of these representations is based on a corpus containing ten interviews with Brazilian students of English from a language school in São Paulo. Our work is based upon the theoretical tenets of Discourse Analysis, as well as on concepts from the Cultural Studies and Psychoanalysis. The analysis of the linguistic materiality of the corpus showed representations that were sustained by binary oppositions, which seemed to immobilize the learners in the interaction with native speakers, since the Brazilian student is always represented as the negative pole of the opposition, but also suggested the possibility of dislocation of these representations when the interaction involved Brazilian students and other non-native speakers of English. However, it is argued that this dislocation is always postponed and never takes place because of the power that the native speaker has over the Brazilian student/non-native speaker of English. We concluded that these fixed representations, based on binary oppositions, make it difficult for the English language teaching practice to allow for the production of new meanings. Based on this conclusion, we highlight the importance of a pedagogical practice that goes beyond teaching English merely as a communication tool, by deconstructing binary oppositions and making it possible for the Brazilian student/non-native speaker of English to occupy a new place in the relationship with the native speaker and the English language.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2012-05-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.