• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-18062013-101439
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Hass
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Barni, Roberta (Presidente)
Antunes, Letizia Zini
Klein, Adriana Iozzi
Título em português
Fumaça! Fumaça! Fumaça! O código de Perelá: a leveza do romance futurista de Aldo Palazzeschi
Palavras-chave em português
Aldo Palazzeschi
Futurismo
Il Codice di Perelà
Il Controdolore
O Código de Perelá
Romance futurista
Tradução
Resumo em português
Os objetivos principais da presente pesquisa são apresentar o romance futurista Il Codice di Perelà, de Aldo Palazzeschi, fazer o cotejo entre os originais da primeira (1911) e da última (1958) edições desta obra, para garantir um ponto de vista privilegiado sobre o romance e sua evolução ao longo do tempo, e propor, em anexo, a versão brasileira do romance publicado em 1911: O Código de Perelá. Palazzeschi é um autor que sempre apresenta novidades, não raro subvertendo a matéria da tendência poética e literária ou do movimento do qual se aproxima, o que conduz a novas formas. Com isso, tornam-se evidentes a independência e as características peculiares do autor, se comparado aos seus contemporâneos. A narrativa do Il Codice di Perelà é realizada predominantemente por meio de breves diálogos conduzidos por várias vozes, com ritmos rápidos e dissonantes, conferindo à obra um caráter teatral. Por outro lado, o protagonista, precisamente por ser bastante diferente do gênero humano, apenas com sua presença imprime ao texto um tom fabular, além de fazer com que a história adquira características épicas. Ademais, a supremacia da síntese, do dinamismo, da compenetração e da velocidade, expressos com palavras essenciais e em liberdade, o uso de onomatopeias, de concisão, de justaposição de estilos, todos esses elementos heterogêneos que ainda assim resultam em um texto harmonioso ao conferir originalidade à estrutura do romance, também o ligam aos valores mais caros ao Futurismo, sobretudo no que diz respeito ao Manifesto técnico da literatura futurista. Por fim, o estudo mostra, também, como este romance coloca em prática, ao longo de sua narrativa, os preceitos do Manifesto palazzeschiano Il controdolore.
Título em inglês
Fumaça! Fumaça! Fumaça! Il Codice di Perelà: the lightness of Aldo Palazzeschis futuristic novel
Palavras-chave em inglês
Aldo Palazzeschi
Futurism
Futuristic novel
Il Codice di Perelà
Il Controdolore
O Código de Perelá
Version
Resumo em inglês
The main objectives of this research are to present Aldo Palazzeschis futuristic novel Il Codice di Perelà, make the comparison between the first (1911) and last (1958) original editions of this work to ensure a privileged point of view over the romance and its evolution over time and proposes, attached, the Brazilian version of the novel: O Código de Perelá. Palazzeschi is an author that he always presents news, often subverting the subject of poect and literary trend or of movement to which he approaches, leading to new forms. Hence the independence and the peculiar characteristics of the author become apparent if compared to his contemporaries. The Il Codice di Perelà narrative is accomplished mainly through short dialogues from various voices, with fast and dissonant rhythms, granting the work a theatrical tone. In the other hand, the protagonist, precisely because of his difference among mankind, just his presence adds to the book a fable tone, besides making the story to acquire epic characteristics. Furthermore, the synthesis supremacy, the dynamism, the interpenetration and speed, expressed with essential words and freely, the use of onomatopoeia, the brevity, the juxtaposition of styles, all these heterogeneous elements - which still result in a matching text - imprint originality to the novel structure, also bind it with the most important Futurism values, especially with regard to the technical Manifesto of Futurist literature. Finally, the study also shows how this novel puts into practice throughout its narrative, the precepts of the Manifesto palazzeschiano, Il Controdolore.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.