• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2017.tde-19052017-131424
Documento
Autor
Nome completo
Carolina Cristovão de Macedo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Baccin, Paola Giustina (Presidente)
Ortale, Fernanda Landucci
Tescari Neto, Aquiles
Título em português
Luz, câmera, didatização: proposta de exploração didática de um longa-metragem para o ensino de italiano como língua estrangeira na perspectiva pós-método
Palavras-chave em português
Cinema
Didatização
Filme de longametragem
Italiano como língua estrangeira
Pós-método
Resumo em português
Este trabalho visa a compreender o processo de didatização de um longa-metragem no contexto de ensino de italiano como língua estrangeira (LE) com uma fundamentação na pedagogia pós-método. A pesquisa parte da observação de que os filmes são insumos recorrentes nas aulas de LE, mas têm sua utilização pouco explorada. Propomo-nos a investigar os princípios teóricos e os passos práticos que possam orientar o professor na didatização do insumo fílmico a fim de catalisar seu potencial pedagógico e usufruir do prazer estético deste produto cultural. Nesta perspectiva, entendemos que o professor investe em sua autonomia afirmando seu lugar como intelectual capaz de refletir a partir da prática, constrói uma dinâmica pedagógica específica para as necessidades de seus alunos e do contexto em que eles se inserem, além de contribuir para uma formação cidadã. Para isso, escoramo-nos sobre a pedagogia pós-método, tal como proposta por Kumaravadivelu, discutimos o processo de elaboração de um material didático (MD), bem como seus efeitos sobre o contexto pedagógico, analisamos o longa-metragem enquanto insumo autêntico para as aulas de LE; buscamos compreender o conceito de didatização e debatemos a noção de técnicas didáticas direcionando a questão para a exploração de filmes. Tal discussão teórica se concretizou na experiência de didatização do filme Manuale damore para um público que contou com alunos de níveis A2 e B1 do Quadro Comum Europeu de Referência para as Línguas (QCERL) provenientes majoritariamente do Italiano no Campus (IC), curso de difusão cultural, e da graduação em Letras com habilitação em italiano, ambos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), ambiente em que se realizou o curso Manuale damore: Um film per imparare litaliano. Em termos metodológicos, a pesquisa se pautou por um paradigma interpretativista em um modelo de pesquisa participante com viés exploratório, cujos dados foram gerados a partir de questionários fechados e abertos, escala de avaliação, notas de campo, gravação das aulas em áudio e vídeo e registro das produções dos alunos. A pesquisa culminou na proposta de um modelo sistemático de didatização que possa auxiliar professores na exploração didática de filmes de longa-metragem, na verificação da relevância de se considerar o contexto particular de ensino para o processo de ensino-aprendizagem, além de constatar que o processo de didatização tem o efeito de conceder poder ao professor, pois ele se torna protagonista no planejamento das ações pedagógicas refletindo e teorizando sobre sua própria prática e sobre o contexto em que atua.
Título em inglês
Lights, camera, didactization: proposal for didactic exploitation of a feature film for the teaching of Italian as a foreign language in the post-method perspective
Palavras-chave em inglês
Cinema
Didactization
Feature film
Italian as a foreign language
Post-Method
Resumo em inglês
This work aims to understand the process of didactization of a feature film in the context of teaching Italian as a foreign language (FL) with a foundation in Post-Method Pedagogy. The research is based on the observation that films are recurrent inputs in FL classes, but their use is little explored. We propose to investigate the theoretical principles and practical steps that can guide the teacher in the didactization of the filmic input in order to catalyze their pedagogical potential and maintain the appreciation of this cultural products aesthetic pleasure. In this perspective, we understand that the teacher invests in his/her autonomy by affirming his/her place as an intellectual capable of reflecting from the practice, builds a specific pedagogical dynamic for his/her students needs and the context in which pupils are inserted, besides contributing to a Citizenship approach to education. To that end, we anchored on the post-method pedagogy, as proposed by Kumaravadivelu, we discussed the process of elaborating a teaching material (TM), as well as its effects on the pedagogical context, we analyzed the feature film as an authentic input for the classes of FL, we sought to understand the concept of didactization and we debated didactic technique notions directing the question to the exploration of films. Such a theoretical discussion took the practical when the film Manuale d'amore was didactized for an audience of level A2 and B1 students of the Common European Framework of Reference for Languages (CEFRL), mainly from Italiano no Campus (IC), diffusion course, and undergraduate students in Languages with qualification in Italian, from the Faculty of Philosophy, Letters and Human Sciences of the University of São Paulo (FFLCH-USP), where the course Manuale d'amore: Un film per imparare l'italiano was held. In methodological terms, the research was based on an interpretative paradigm in a participatory research model with exploratory bias. The data were generated from closed and open questionnaires, evaluation scale, field notes, recording of audio and video classes and students outputs records. The research culminated in the proposal of a systematic model of didactization that could assist teachers in the didactic exploration of feature films and in the verification of the relevance of the particular teaching context for the teaching-learning process. Besides that, it was verified that the process of didactization has the effect of empowering the teacher, since he/she becomes a protagonist in the planning of pedagogical actions reflecting and theorizing about his/her own practice and the context in which he/she acts.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-05-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.