• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-26082016-135244
Documento
Autor
Nome completo
Leandro Vinícius Miranda Cauneto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Wataghin, Lucia (Presidente)
Berriel, Carlos Eduardo Ornelas
Dias, Mauricio Santana
Título em português
A poesia tardia de Michelangelo Buonarroti e a crise religiosa do século XVI
Palavras-chave em português
Estilo tardio
Michelangelo Buonarroti (1475 1564)
Poesia italiana
Resumo em português
Michelangelo Buonarroti (Florença, 1475 Roma, 1564) foi o autor de uma não muito vasta obra poética, escrita ao longo de praticamente toda a sua vida, em paralelo às suas atividades artísticas. Apreciada, no passado, principalmente por conta de seu caráter expressivo ou documental, a obra poética de Michelangelo vem sendo, nos últimos tempos, objeto de uma abrangente revisão crítica, cuja intenção é reavaliá-la em seu aspecto poético e formal. Nesse contexto, insere-se o problema fundamental de sua obra tardia, ou, como se diz mais comumente, de sua última poesia que se distingue, marcadamente, de sua produção anterior. De fato, boa parte de sua primeira poesia é dedicada à temática amorosa, e apresenta, como característica central de estilo, o gosto pela dificuldade formal. Em seus anos finais, porém, Michelangelo dedicaria sua poesia a temas quase que exclusivamente religiosos, fazendo-os acompanhar de uma radical simplificação do estilo. Estudos recentes buscaram interpretar este fenômeno, relacionando-o, principalmente, por afinidade temática, à crise religiosa do século XVI, que implicou, em certa medida, uma crise das formas artísticas e poéticas, bem como dos valores éticos propriamente renascentistas. A partir de seu contato com novas ideias religiosas, muitas de cunho reformista (cujas fontes possíveis seriam Vittoria Colonna e o grupo dos spirituali, reunido em torno de Juan de Valdés), Michelangelo teria buscado propor uma nova poética, dando novos rumos às suas composições. Desse modo, a poesia religiosa dos últimos anos de Michelangelo adquire um significado mais profundo no conjunto de sua obra apresentando-se, a um só tempo, como revisão da tradição poética e de seus escritos juvenis, refletindo a situação de crise de valores humanistas e renascentistas no início do século XVI.
Título em inglês
Michelangelo Buonarroti's late poetry and the religious crisis of the 16th century
Palavras-chave em inglês
Italian poetry
Late style
Michelangelo Buonarroti (1475 1564)
Resumo em inglês
Michelangelo Buonarroti (Florence, 1475 Rome, 1564) was the author of a not so vast poetic work, written in the course of almost all his life, alongside with his other artistic activities. Better known, in the past, mainly for its expressive and documental qualities, Michelangelos poetry has been subjected, in recent times, to a wide critical review, whose purpose is to reevaluate it in its poetical and formal aspects. In this context, the problem of his late poetry emerges as a fundamental one, as it drastically distinguishes itself from all his previous works. In fact, a great part of his first poetry is devoted to love themes, and its main style feature is the taste for formal difficulty. In his late years, however, Michelangelo would commit his verses almost exclusively to religious themes, alongside with a radical style simplification. Recent studies tried to understand this phenomenon, relating it mainly to the 16th century religious crisis, which implied, to a certain extent, the crisis of artistic and poetic forms, as well as Renascences ethical values. After contacting new religious ideas, many of reformist content (whose possible sources would be Vittoria Colonna and the spirituali circle of Juan de Valdés), Michelangelo had proposed a whole new set of poetic values, taking new paths with his compositions. In this sense, Michelangelos late poetry acquires a deeper meaning if looked against his work as a whole presenting itself, at one time, as a review of poetic tradition and of his own early writings, thus reflecting the crisis of humanist values in the first half of the 16th century.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-08-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.