• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-27062014-111639
Documento
Autor
Nombre completo
Graziele Altino Frangiotti
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2014
Director
Tribunal
Santoro, Elisabetta Antonietta Rita Maria Carmela (Presidente)
Ortale, Fernanda Landucci
Torquato, Carolina Pizzolo
Título en portugués
As variedades linguísticas no ensino de línguas: análise de dois livros didáticos de italiano para estrangeiros
Palabras clave en portugués
Competência sociolinguística
Ensino/aprendizagem italiano/LE
Instrução implícita e explícita
Livro didático
Resumen en portugués
Estudos na área de Sociolinguística têm mostrado a complexidade da arquitetura do italiano contemporâneo, composta tanto de variedades linguísticas comuns a todas as línguas naturais, relacionadas às dimensões diamésica, diastrática, diafásica e diatópica, quanto de dialetos e interlínguas. Essa intricada realidade, no entanto, parece não chegar até os aprendizes de italiano, sobretudo, fora da Itália, que, frequentemente, têm a impressão de que essa língua é monolítica e estável. Isso, em geral, se reflete em seu desempenho enquanto falantes, pois, uma vez que acreditam que a língua italiana é imutável e única, não serão capazes de reconhecer as variedades e registros linguísticos produzidos por falantes nativos. Tendo em vista a importância do livro didático como fonte de input linguístico em sala de aula e como norteador da atividade docente e discente, selecionamos os dois livros didáticos mais usados no estado de São Paulo para o ensino do italiano no momento em que se iniciou a pesquisa, e analisamos como e em que medida tais obras expõem o aprendiz às variedades linguísticas do italiano para que desenvolvam competência sociolinguística e, portanto, sensibilidade sobretudo receptiva quanto à realidade linguística italiana. Para isso, analisamos os diálogos, os livros do aluno e os guias do professor das coleções didáticas Linea Diretta e Rete! com base em 67 critérios escolhidos por poderem identificar diferentes variedades do italiano. Os resultados relacionados ao livro Linea diretta permitem dizer que essa coleção aborda implicitamente alguns dos fenômenos considerados, mas que não os explora explicitamente. Por outro lado, Rete! praticamente não insere fenômenos marcados sociolinguisticamente em seus diálogos, mas trata as questões fonológicas das variedades regionais. Desse modo, foi possível constatar que o tratamento das variedades sociolinguísticas mostrou-se insuficiente e, em alguns casos, inexistente em ambos os livros didáticos, fazendo-nos concluir que o aprendiz, cujo input linguístico derive de seus conteúdos, dificilmente desenvolverá uma competência sociolinguística que lhe propicie reconhecer e compreender adequadamente enunciados produzidos em diferentes contextos comunicativos.
Título en inglés
Linguistic varieties in language teaching: analysis of two textbooks of Italian for foreigners
Palabras clave en inglés
Implicit and explicit instruction
Italian as foreign language learning and teaching
Sociolinguistic competence
Textbook
Resumen en inglés
Studies in Sociolinguistics have shown the complexity of contemporary Italian arquitecture, composed of both linguistic varieties, common to all natural languages and related to diamesic, diastratic, diaphasic and diatopic dimension, and the dialects and interlanguages. Nonetheless, this intricate reality doesn't seem to reach learners of Italian, especially outside Italy, which often have the impression that this language is monolithic and that it doesn't change. In general, this reflect on their performance as speakers of the language they learn, therefore, since they believe that the Italian language is unique and unchangeable, they will not be able to recognize linguistic varieties produced by native speakers. Considering the importance of the textbook as a source of linguistic input in the classroom and as a guide for teacher's and learner's activity, we selected, in the period in which our research began, the two most used textbooks for Italian teaching in the State of São Paulo, and analyzed how and to what extent these works expose the learner to linguistic varieties of Italian, in order to develop sociolinguistic competence and mainly receptive sensibility to Italian linguistic reality. We analyzed the dialogues, the student books and teacher's guides of the teaching collections Linea Diretta and Rete! based on 67 criteria chosen by selecting phenomena that could identify different varieties of Italian. The results related to the textbook Linea diretta let say that this collection implicitly addresses some of the considered phenomena, but doesn't explore them explicitly. On the other side, Rete! practically doesn't insert in its dialogues sociolinguistically marked phenomena, but treats phonological issues of regional varieties. So, it was found that the treatment of sociolinguistic varieties proved to be scanty and, in some cases, not existent in both textbooks. This caused the conclusion that learners, whose linguistic input derives from its content, can hardly develop a sociolinguistic competence that can allow them to recognize and understand properly utterances produced in different communicative contexts.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2014-06-27
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.