• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2019.tde-28022019-183606
Documento
Autor
Nome completo
Vania Pereira Gumiero
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Moraes, Eliane Robert (Presidente)
Azevedo, Ana Beatriz Sampaio Soares de
Kleiman, Olinda
Zeni, Bruno Gonçalves
Título em português
Todos se engolem: uma leitura antropofágica de Cartas de um sedutor, de Hilda Hilst
Palavras-chave em português
Alteridade
Antropofagia
Antropologia
Erotismo
Hilda Hilst
Oswald de Andrade
Resumo em português
O presente trabalho propõe uma análise vertical de Cartas de um sedutor, de Hilda Hilst, usando de uma chave de leitura fornecida pela antropofagia e seus desdobramentos pelos diferentes campos do saber. Retomamos as principais características e premissas do movimento literário organizado por Oswald de Andrade, sem nos esquecermos de seu aspecto fundamentalmente filosófico. Trouxemos também para a discussão alguns pontos levantados pela observação antropológica das culturas indígenas, a fim de nos aproximarmos dos sentidos mais profundos, ancestrais, da mitologia antropofágica. Munidos dessa tríplice perspectiva, adentramos o texto hilstiano para tentar identificar de quais modos este tema está articulado a outros, os de maior expressão ao longo de toda a carreira da autora: o erotismo, o sagrado e a morte. Verificamos que mais do que um assunto, a antropofagia é um procedimento que influencia diretamente a forma e o conteúdo das Cartas. Ela opera na linguagem, na estrutura da narrativa, nas personagens e em sua relação parodística com o Diário de um sedutor, de Kierkegaard. Por fim, o pensamento antropofágico parece estar por trás do que há de mais essencial na obra: o desejo de atingir e transformar o outro.
Título em inglês
Everyone swallows themselves: an anthropophagic reading of Hilda Hilst's Cartas de um sedutor
Palavras-chave em inglês
Alterity
Anthropology
Anthropophagy
Erotism
Hilda Hilst
Oswald de Andrade
Resumo em inglês
The present work proposes a vertical analysis of Hilda Hilsts Cartas de um sedutor, using a reading key provided by anthropophagy and its many unfoldings over different knowledge fields. We retrieved the main characteristics and premisses from the literary movement organized by Oswald de Andrade, not forgetting its fundamentally philosophical aspect. We also brought to the discussion some points raised by the anthropological observation of indigenous cultures, as to approach the deeper, ancestral, meanings of the anthropophagic mythology. Armed with this triple perspective, we enter the Hilstian text trying to identify in which ways this theme is articulated with others, the most expressive ones throughout the authors career: the erotism, the sacred and death. We verified that more than a subject, anthropophagy is a procedure that influences directly on the form and the content of these Letters. It operates on the language, on the structure of the narrative, on the characters and on its parodistic relation with Kierkegaards The seducers diary. At last, the anthropophagic thinking seems to be behind what is most essential on this piece: the desire to reach and transform the other.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-02-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.