• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2009.tde-03022010-134620
Documento
Autor
Nome completo
José Ney Costa Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Simas, Monica Muniz de Souza (Presidente)
Bridi, Marlise Vaz
Inacio, Emerson da Cruz
Lopes, Paulo Cesar Carneiro
Segolin, Fernando
Título em português
Alma à janela: perfil intensivo de Álvaro de Campos
Palavras-chave em português
Álvaro de Campos
Crítica deleuziana
Literatura e afetividade
Literatura portuguesa
Resumo em português
Esta tese analisa a constituição singular do poeta Álvaro de Campos em relação aos outros heterônimos pessoanos, como uma questão de grau intensivo. Partindo do princípio camposiano da poesia como força, aplica-se a conceituação deleuziana para interpretar essa força como criação de platôs intensivos, criação de afectos e perceptos, e como constituição de um fora, portanto, aspectos constituintes do sujeito poético. Analisam-se cinco principais poemas como um mesmo perfil marcado pela rubrica da intensidade. Os poemas escolhidos são analisados em termos de platôs intensivos, a saber: 1) o platô da viagem, a bordo de um navio, em Opiário e num passeio pela cidade, em Ode Triunfal, 2) o platô avistado do cais, em Ode Marítima, 3) o platô do livro, em Saudação a Walt Whitman, 4) o platô do fora, no manifesto Ultimatum e por fim, 5) o platô da mansarda, em Tabacaria. Levantar-se-á em conta também todo o perfil intensivo camposiano para realçar as marcas da intensidade que o constitui e lhe fornece o perfil característico singular. Para empreender a análise, partiu-se da imagem do poeta à janela, como uma metáfora perceptiva, confrontando o mundo, dobrado para o exterior, e dele captando em figuras e ambientes, os acontecimentos que o afetam. Conclui-se que é essa alma à janela ou esse olhar perceptivo voltado para o fora, o que, ao incorporar as forças da alteridade, desenha para Álvaro de Campos a sua feição poética singular.
Título em inglês
Window to the soul: intensive profile of Álvaro de Campos
Palavras-chave em inglês
Álvaro de Campos
Deleuzian critics
Literature and affectivity
Portuguese literature
Resumo em inglês
This thesis examines the peculiar poetic subjectivity in Álvaro de Campos, relating to the other heteronyms pessoanos as a matter of intensive degree. Starting from the Campos principle of poetry as a force, it applies deleuziano concepts to interpret that force in terms of intensive plateaus, affects and percepts and formation of an outside; therefore, as constituents aspects of poetic subject. Five major poems covering the three thematic stages on Álvaro de Camposs poetry are analyzed as a same profile marked by the rubric of intensity. The chosen poems are discussed in terms of intensive plateaus, namely: 1) the voyage on board of a ship in Opiário and a city tour in Ode Triumphal; 2) the plateau viewed from the pier in Ode Marítima; 3) the book plateau, in Ode to Walt Whitman, 4) the outsides plateau in Ultimatum manifest and finally, 5) the plateau of the mansard, in Tabacaria. It also examines the whole camposiano literary becoming aiming to highlight the intensive traces so that provide his peculiar profile. The analysis starts from the poets image at the window as a perceptive metaphor; he confronts the world bent outwards, and expresses by means of figures and features all events which affect him. We conclude that this "soul to window, or perceptive look toward outside is what, by embodying the forces of alterity, may have allowed Álvaro de Campos its unique poetic garb.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.