• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2016.tde-11012016-130449
Documento
Autor
Nome completo
Flavio Felício Botton
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro, Raquel de Sousa (Presidente)
Atik, Maria Luiza Guarnieri
Faria, Joao Roberto Gomes de
Santos, Elaine Cristina Prado dos
Vechi, Carlos Alberto
Título em português
Entre Clio e Calíope: literatura e história no teatro de Miguel Franco
Palavras-chave em português
Miguel Franco
O Motim
Portugal
Teatro (história e crítica)
Teatro (literatura)
Teatro histórico
Resumo em português
Miguel Franco nasceu em Leiria em 1918, atuou no teatro amador de sua cidade, sendo varias vezes premiado como encenador e como ator. Na década de 60, em plena ditadura salazarista, Franco leva ao Teatro Avenida de Lisboa, por meio da consagrada Companhia Companhia Rey Colaço Robles Monteiro sua mais importante peca de teatro histórico, O motim, que retoma os eventos ocorridos após o levante do povo da cidade do Porto contra a Companhia dos Vinhos do Alto Douro, criada pelo ministro de d. José, o Marques de Pombal. A peca, após poucos dias em cartaz, é brutalmente retirada de cena pelo aparelho de repressão do regime salazarista. Este trabalho tem por objetivo analisar a peça de Franco, como exemplo do subgênero dramático do teatro histórico, procurando compreender como e por que se dão as relações que se estabelecem entre o tempo da ação da peça (século XVIII) e o tempo de sua escrita (segunda metade do século XX).
Título em inglês
Between Clio and Calíope: literature and history in the drama of Miguel Franco
Palavras-chave em inglês
Historic theater
Miguel Franco
O Motim
Portugal
Theatre (history and criticism)
Theatre (literature)
Resumo em inglês
Miguel Franco was born in Leiria in 1918, acted in amateur theater of his city, and several times was awarded as director and as an actor. In the 60s, during the Salazar dictatorship, Franco leads to Teatro Avenida de Lisboa, with the consecrated Company Company Rey Colaco - Robles Monteiro his most important play of historical theater, O Motim, which incorporates the events that occurred after the uprising of the people of Porto against the Companhia dos Vinhos do Alto Douro, created by d. José minister, Marques de Pombal. The play, after only a few days on stage, was brutally removed from the scene by the Salazar regime repression apparatus. This paper aims at examining the Franco play as an example of the dramatic subgenre of historical theater, trying to studying how and why occur the relations established between the time of action of the play (XVIII century) and the time of its writing (second half of the twentieth century).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.