• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Nefatalin Gonçalves Neto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Bridi, Marlise Vaz (Presidente)
Alvarez, Aurora Gedra Ruiz
Costa, Jose Horacio de Almeida Nascimento
Gobbi, Marcia Valéria Zamboni
Jacoto, Lilian
Título em português
Por uma épistémè saramaguiana
Palavras-chave em português
Caim
Épistémè
Levantado do chão
Mito
O evangelho segundo Jesus Cristo
Resumo em português
Extremamente conhecida, a obra de José Saramago é comumente lida por certos vieses: às vezes em seu caráter social (quando não sociológico) que aproxima seus textos de uma perspectiva marxista, utópica ou empenhada, relegando suas qualidades literárias em segundo plano; outras em seu caráter imanentista, que avalia os processos de composição interna e/ou artifícios de que se vale o escritor, quando não seu caráter intertextual, intratextual ou em comparação a outros textos e escritores; por fim, há a tentativa de pensar sua obra como um conjunto gradual em construção, um sistema processual que apresenta a cada novo texto um elemento em crescimento, como se sua escrita fosse evolutiva. Filiados a uma corrente teórica literária que busca pensar a produção escrita, nosso intuito é a de pensar a obra de Saramago dando valor a seus elementos intrínsecos, sem nos esquecermos de suas relações sociais, engajadas e (inter)textuais. A partir dessa problematização inicial, nos propomos a apresentar uma ideia do que seja literário em seu imbricamento social, mimético e ficcional para, a partir desse viés, avaliar a ligação da obra em análise com o social através do conceito de épistémè. A isso acresceremos uma leitura de como esses dois elementos se juntam ao mito para formar um todo coeso e significativo. A fim de delimitar o objeto da pesquisa, a parte central de nossas análises se divide em três seções: a primeira analisa Levantado do chão, em cujas linhas temos a mescla de uma configuração míticoliterária ao engajamento social marxista, a segunda aprecia O evangelho segundo Jesus Cristo, que pensa a releitura mítica da figura de Cristo em forma trágica e, por fim, a terceira seção analisa Caim, romance de linhas abertas a tal ponto que possibilita uma flutuação de leituras. Por meio das reflexões alcançadas, intentamos fornecer um solo concreto para a exploração de uma hipótese: que a literatura saramaguiana privilegia a produção de uma épistémè ficcional, elemento básico para compreensão de seu projeto enquanto fenômeno literário, social e, ainda, (inter)textual.
Título em inglês
To a saramaguian épistémè
Palavras-chave em inglês
Cain
Épistémè
Mito
Raised from the ground
The gospel according to Jesus Christ
Resumo em inglês
Extremely well-known, José Saramago's work is still read only by certain slants: sometimes in its social (if not sociological) character that approaches its texts from a Marxist, utopian or committed perspective, relegating its literary qualities to the background; others in its immanentist character, that assesses the processes of internal composition and/or artifices of which the writer is worth, if not its intertextual, intratextual character or in comparison to other texts and writers; Finally, there is the attempt to think his work as a gradual set in construction, a processual system that presents in each new text a growing element, as if its writing were evolutionary. Affiliated to a literary theoretical chain that seeks to think about written production, our intention is to think of Saramago's work giving value to its intrinsic elements, without forgetting its social relations, engaged and (inter) textual. From this initial discuss, we propose to present an idea of what is literary in its social, mimetic and fictional imbrication to, from this bias, to evaluate the connection of the work in analysis with the social through the concept of épistémè. It is added on this, a reading that seeks how these two elements join the myth to form a cohesive and meaningful whole. In order to delimit the object of the research, the central part of our analysis is divided into three sections: the first analyzes "Raised from the ground", in whose lines we have the merge of a mythical-literary configuration to Marxist social engagement, the second refer to "The gospel according to Jesus Christ", that carries througth a mythical re-reading of the Christ´s figure in a tragic way, and finally the third section analyzes Cain, a novel with open lines to such an extent that it allows a fluctuation of readings. Through the reflections achieved, we try to provide a concrete ground for the exploration of a hypothesis: that the Saramaguian literature favors the production of a fictional epistemic, a basic element for understanding its project as a literary, social, and (inter)textual phenomenon.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.