• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2016.tde-15012016-125300
Documento
Autor
Nome completo
Vicente Luis de Castro Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Fernandes, Annie Gisele (Presidente)
Abreu, Mirhiane Mendes de
David, Sérgio Nazar
Garmes, Helder
Ribeiro, Raquel de Sousa
Título em português
As muitas vidas de Luís de Camões: ressonâncias biográficas camonianas na literatura luso-brasileira oitocentista
Palavras-chave em português
Estudos oitocentistas
Literatura comparada
Literatura luso-brasileira
Luís Vaz de Camões
Ressonâncias biográficas
Resumo em português
Ao longo do século XIX luso-brasileiro, a biografia do poeta Luís Vaz de Camões emerge, reiteradas vezes, como matéria central de textos ficcionais pertencentes a gêneros literários diversos. No Portugal de Oitocentos, a constatação do estado de decadência da pátria lusitana, aliada a um desejo de restauração da grandeza nacional, resulta na retomada da figura de Camões como símbolo do saudoso passado imperial, cuja glória busca-se recuperar. No Brasil recém-independente, recriações literárias da biografia do poeta classicista português assinalam o estabelecimento de uma complexa relação entre as letras nacionais e as matrizes culturais europeias. A análise dos textos literários selecionados procura integrar, sob a perspectiva do comparatismo literário, os respectivos textos, autores e gêneros ao eixo unificador dos procedimentos ficcionais que configuram a tradição das ressonâncias biográficas camonianas. O diálogo entre literatura e história permite acompanhar a participação ativa de autores e obras em contextos histórico-culturais específicos, mas inter-relacionados. As relações entre ficção e biografia, por sua vez, apontam para a configuração de universos ficcionais a partir de elementos biográficos, com os quais devido à liberdade criadora do fazer artístico e às influências das ideologias e do imaginário , os artistas operam. O recorte observacional da pesquisa se insere, em grande medida, no arco temporal do período romântico, tendo início em 1825, com o poema inaugural do Romantismo português (Camões, de Almeida Garrett), e se estendendo até as comemorações do tricentenário da morte de Camões, em 1880 (ano em que vêm a público peças de Gomes Leal, Cipriano Jardim e Machado de Assis). No caso de Portugal, a década de 1870 já testemunha o desenvolvimento dos ideais estéticos do Realismo, com implicações sobre a própria configuração do culto a Luís Vaz de Camões, trabalhado ficcional e criticamente por Camilo Castelo Branco. De todo modo, no Brasil e em Portugal, entre os anos de 1825 e 1880, pode ser observado um tratamento específico da figura de Camões, inicialmente idealizada segundo os valores românticos (a exemplo de peças escritas por Luís Antônio Burgain, Casimiro de Abreu e Antônio Feliciano de Castilho), em um processo que conduz à consolidação definitiva do mito camoniano em dois países ligados, ao mesmo tempo, pelo passado colonial e por uma tradição cultural comum.
Título em inglês
Biographical resonances related to Camoes' biography at 19th century in Portuguese and Brazilian literatures
Palavras-chave em inglês
1800s studies
Biographical resonances
Compared literature
Luís Vaz de Camões
Portuguese Brazilian literature
Resumo em inglês
Throughout the Portuguese-Brazilian 19th century, the biography of the poet Luís Vaz de Camões emerges, repeated times, as the main topic of fictional texts belonging to different literary genres. In the Portugal of the 1800s , the assumption of the decaying state of the Portuguese nation, together with the restauration of the national greatness, reclaims Camoes as the symbol of a lost past, whose glory they aim to resurrect. In the recently independent Brazil, literary recreations of the classical Portuguese poets biography denote the establishment of a complex relation in what concerns the national letters and the cultural European matrixes. The analysis of the selected literary texts has the intention of integrating, under the perspective of literary comparatism, texts, authors and genre to the unifying axels of the fictional procedures that represent the tradition of the biographical resonance related to Camoes. The dialogue between Literature and History, on the other hand, leads to the designing of the fictional universes originated from the biographical elements, with which due to the creative freedom of the artistic action and to the influences of the ideologies and of the imaginary-, the artist works. The observational cut of the research is set, to a great extent, at the temporal period of the Romantic period, starting in 1825, with the inaugural poem of the Portuguese Romanticism (Camões, by Almeida Garrett) , up to the celebrations of the third centenary of Camoes death, in 1880 (being this the year when plays by Gomes Leal, Cipriano Jardim and Machado de Assis become known to the public). In what concerns Portugal, the 1870s are witnesses to the development of esthetical ideals of the Realism, with consequences to the configuration of the worship of Luís Vaz de Camões, used fictional and critically by Camilo Castelo Branco. Therefore, both in Brazil and Portugal, between 1825 and 1880, a specific treatment of Camoess image could be observed, initially idealized according to the Romantic values (plays written by Luís Antônio Burgain, Casimiro de Abreu e Antônio Feliciano de Castilho are examples), in a process that takes us to the definite consolidation of the myth towards Camoes in two countries connected by the colonial past and a common cultural tradition , as well.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-01-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.