• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2011.tde-30082012-105108
Documento
Autor
Nome completo
Fermin Vañó Ivorra Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Costa, Jose Horacio de Almeida Nascimento (Presidente)
Marco, Valeria De
Pallottini, Renata
Rodrigues Filho, José Maria
Silveira, Francisco Maciel
Título em português
Luiz Francisco Rebello e Alfonso Sastre: o teatro de resistência sob os regimes fascistas ibéricos
Palavras-chave em português
Dramaturgia
Espanha
Fascismo
Portugal
Sociedade
Resumo em português
Luiz Francisco Rebello e Alfonso Sastre: o teatro de resistência sob os regimes fascistas ibéricos tem como objetivo pesquisar e analisar a literatura dramática desses dois artistas e escritores contemporâneos, representantes de suas gerações literárias, que produziram peças originais, perturbadoras, mordazes, engajadas ideologicamente contra os regimes autoritários da península ibérica e, por esse fato, foram sistematicamente censurados. O trabalho tem como objeto a produção dramática de Francisco Rebello e Alfonso Sastre entre os anos de 1944 e 1974, anos marcados pela repressão e censura do fascismo ibérico, assim como, pelo fim da segunda grande guerra, pela iminência da Guerra Fria, pela ameaça nuclear e pelo drástico cerceamento à liberdade durante os governos totalitários de Portugal e Espanha. Faremos observar alguns aspectos históricos, sociais e políticos da contínua decadência peninsular deste período, questões que aproximam ambos escritores ainda mais, e que enfaticamente influenciaram na formação dos temas, nas concepções artísticas e nas literárias dos dramas desses dois autores de povos vizinhos. Um panorama da vida e obra de cada autor, em seu respectivo contexto histórico, fez-se aqui necessário para vislumbrar o percurso realizado por cada um deles e o desenvolvimento de suas respectivas produções literárias. Testemunhas comprometidas com esse período fascista ibérico, Francisco Rebello e Alfonso Sastre, ao término da II Guerra Mundial, no prelúdio literário de suas vidas, decidiram criar uma dramaturgia de vanguarda e resistência. Peças teatrais, frutos do inconformismo de uma época conturbada e repressora; obras características de um teatro que apostava em mudanças e, sobretudo, buscava alguma reação sinestésica de suas respectivas sociedades.
Título em inglês
Luiz Francisco Rebello and Alfonso Sastre: the theater of opposition under Iberian fascist regimes
Palavras-chave em inglês
Dramaturgy
Fascism
Portugal
Society
Spain
Resumo em inglês
Luiz Francisco Rebello and Alfonso Sastre: the theater of opposition under Iberian fascist regimes aims to research and analyze the dramatic literature of these two contemporary artists and writers, representatives of their literary generations, which produced original pieces, disturbing, spicy, ideologically engaged against the authoritarian regimes of the Iberian Peninsula, and this fact, systematically censored. The work is focused on the dramatic production of Francisco Rebello and Alfonso Sastre between the years 1944 and 1974, years marked by the collective Iberian fascism, by the end of the Second World War, the imminence of the Cold War, the nuclear threat and the drastic curtailment of freedom during the totalitarian governments of Portugal and Spain. We will look at some historical, social and political decay of the continuous period of peninsular issues that bring both further and strongly influenced the formation of the themes of artistic and literary conceptions of the tragedies of these two authors of their neighbours. A wide panel of life and work of each author in their respective historical context, it was necessary to glimpse here the route taken by each of them and develop their literary productions. Witnesses committed to this Iberian fascist period, Francisco Rebello and Alfonso Sastre, at the end of World War II, in the prelude of their literary lives, decided to create a vanguard and opposition theater. Plays, result of the nonconformity of a tumultuous and repressive time; works features a drama, which believed on changes and, especially, tried some synaesthetic reaction of their respective companies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-08-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.