• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Mauricio Reimberg dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Otsuka, Edu Teruki (Presidente)
Arantes, Paulo Eduardo
Corpas, Danielle dos Santos
Pasta Junior, Jose Antonio
Rosa Filho, Sílvio
Título em português
A crítica de Roberto Schwarz (1958-1968): um percurso atravessado pelo golpe de 1964
Palavras-chave em português
Forma literária
Golpe de 1964
Roberto Schwarz
Sociedade brasileira
Resumo em português
Esta tese investiga aspectos da configuração do raciocínio crítico de Roberto Schwarz. O principal material de análise são os ensaios sobre formas estéticas e culturais brasileiras redigidos pelo autor entre 1958 e 1968, num período que abrange a sua produção teórica anterior ao exílio na França. No exame deste percurso, pretende-se distinguir os embates contraditórios entre as categorias do crítico e certa experiência histórica ambivalente internalizada pelo romance local, que seria um dado estruturante na reflexão de Schwarz. Num primeiro momento, enquanto essa matéria social já desponta sob o signo difuso do malogro do realismo literário no país, o ponto de vista analítico-interpretativo supõe uma referência comum à noção de obra autônoma como instância congenial à crítica dialética. Às voltas com o golpe empresarial-miliar de 1964, Schwarz buscaria operar de modo incisivo com a sua imediatidade prática. E esse anseio de eficácia política da crítica, ao esbarrar em limites históricos, redefine e acirra os vetores divergentes que vinham caracterizando a sua experiência social do tempo. Desse modo, entrechocam-se ali juízos orientados por uma temporalidade cumulativa e ascendente, disputada em termos políticos radicais - e apoiada na crítica à ordem populista derrotada -, e diagnósticos sobre uma situação presente que parecia se acomodar a si mesma, sem antagonismos de classe nitidamente configurados, redimensionando-se o que Schwarz entendia ser o desdobramento realista da vida.
Título em inglês
The criticism of Roberto Schwarz (1958-1968): a course crossed by the coup of 1964
Palavras-chave em inglês
1964 Brazilian coup détat
Brazilian society
Literary form
Roberto Schwarz
Resumo em inglês
This dissertation investigates aspects of the configuration of Roberto Schwarzs critical argument. The main material of analysis are the essays about aesthetical and Brazilian cultural forms written by the author between 1958 and 1968, in a period that embraces his theoretical production prior to his exile in France. In the survey of this path, it is intended to distinguish the contradictory clashes between the categories of the critic and certain ambivalent historical experience internalized by the local novel, which would be a structuralizing data of Schwarzs meditation. At a first moment, while this social matter already appears under the diffuse sign of failure of literary realism in the country, the analytical-interpretive point of view supposes a common reference to the notion of autonomous work as the congenial instance to the dialectical criticism. Dealing with the corporate-military 1964 Brazilian coup détat, Schwarz would operate in a more incisive way with its practical immediacy. And this wish of the political efficacy of the criticism, when bumped against historical limits, redefines and stirs the divergent vectors that used to characterize his social experience of time. In this way, judgments oriented by a cumulative and ascending temporality, disputed in radical political terms - and backed by the criticism to the defeated populist order -, clash against diagnoses about a present situation that seemed to accommodate in itself, with no class antagonisms clearly configured, resizing what Schwarz understood to be the realistic unfolding of life.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.