• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2018.tde-12122018-152219
Documento
Autor
Nome completo
Fabiola Bastos Notari
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Gomide, Bruno Barretto (Presidente)
Fabris, Mariarosaria
Francisco Junior, Mario Ramos
Kaminski, Rosane
Morettin, Eduardo Victorio
Título em português
Eisenstein no Brasil
Palavras-chave em português
Crítica e interpretação
História
Linguagem cinematográfica
Recepção crítica
Serguei M. Eisenstein
Resumo em português
Por que ver, ler e falar de Serguei M. Eisenstein hoje? Qual a importância deste cineasta para o público brasileiro? Esta não é uma tese sobre vida e obra do grande cineasta russo-soviético, a pesquisa que aqui se apresenta parte de alguns questionamentos, os quais fazem refletir sobre a relação que a teoria e os filmes de Eisenstein tiveram com alguns acontecimentos histórico-culturais no Brasil, ou mais especificamente, com a atuação de determinados intelectuais e instituições que foram apoiadores, divulgadores e defensores da linguagem cinematográfica como expressão artística. Eisenstein no Brasil divide-se em três partes fundamentais, as quais se configuram a partir de um diagrama de conjuntos a ser seguido como guia de leitura. A Parte I investiga a crítica cinematográfica brasileira. Nela, estão inseridos os capítulos nos quais se enfatiza a postura dos críticos frente à cinematografia de Eisenstein, em sua grande parte publicada em jornais e periódicos. Associados a estas críticas, alguns casos da produção artística e cinematográfica brasileira são citados, nos quais filmes e teorias de Eisenstein são estudados e abordados. A Parte II dedica-se à relação próxima que há entre o movimento cineclubista e a criação das cinematecas no Brasil. O interessante desta parte é a conexão entre as exibições dos filmes de Eisenstein com outras linguagens artísticas e ainda a associação feita entre estas exibições e os espaços culturais em algumas cidades brasileiras. Nela, o entendimento do contexto social, político e ideológico ajudaram a entender o fluxo dos movimentos sociopolíticos que se apropriavam das produções cinematográficas, principalmente as russosoviéticas ou as de temática soviética, para discutir e se posicionar a favor ou contra o regime político de sua época Era Vargas, Ditadura Militar e República Nova. A Parte III desta tese é composta pelas relações construídas entre o estudo das teorias de cinema, as traduções de livros e de artigos sobre linguagem cinematográfica de Serguei M. Eisenstein e a criação dos cursos superiores de cinema no Brasil, tendo em vista pontos de contato com o cineasta russosoviético e sua produção teórica e fílmica. Esta parte é constituída, em sua maior parte, por depoimentos orais recolhidos de maneira informal, nos quais o narrador sente-se à vontade para contar suas histórias com o intuito de contribuir com o objeto de estudo dessa tese, respondendo à pergunta inicial: Qual é a relação de Serguei M. Eisenstein com sua vida? Nas considerações finais, aponta-se para possíveis continuidades da pesquisa, pois na tentativa de percorrer e reconhecer o maior número de pontos de contato entre a produção artística, cinematográfica, acadêmica, intelectual e crítica brasileira, constatou-se que estudar Eisenstein hoje é estudar o que há de mais atual tanto em forma quanto em conteúdo, porque tanto sua linguagem quanto sua teoria são sempre acessadas, logo, renovadas.
Título em inglês
Eisenstein in Brazil
Palavras-chave em inglês
Cinematographic language
Critical reception
Criticism and interpretation
History
Serguei M. Eisenstein
Resumo em inglês
Why see, read, and speak of Sergei M. Eisenstein today? How important is this filmmaker to the Brazilian public? This is not a thesis about the life and work of the great Russian-Soviet filmmaker, the research starts from some questions, which reflect on the influence that Eisenstein's theory and films had on some historical-cultural events in Brazil, or more specifically, on the performance of certain intellectuals and institutions that support, disseminate and defend the language of cinema as an artistic expression. Eisenstein no Brasil is divided in three fundamental parts, which are configured from the diagram of sets to be followed as guide of reading. Part I investigates the Brazilian cinematographic criticism, inserted in it, are the chapters in which the attitude of the critics is emphasized in front of the cinematography of Eisenstein, for its great part published in newspapers and periodicals, associated to these critics some cases of the artistic and cinematographic production are cited, in which Eisenstein's films and theories are studied and approached. Part II is dedicated to the close relationship between the film movement and the creation of film libraries in Brazil. What is interesting about this part is the connection between the exhibitions of Eisenstein's films with other artistic languages, or the association made between these exhibitions and the cultural spaces in some Brazilian cities. In it the understanding of the social, political and ideological context helped to understand the flow of the socio-political movements that appropriated the cinematographic productions, mainly Russo- Soviet or of Soviet thematic, to discuss and to position for or against the political regime of his time - Era Vargas, Ditadura Militar and República Nova. Part III of this thesis is composed of the relations constructed between the study of cinema theories, the translations of books and articles on cinematographic language of Sergei M. Eisenstein and the creation of the superior courses of cinema in Brazil, in view of points of contact with the Russian-Soviet filmmaker and his theoretical and film production. This part consists, for the most part, of informally collected oral statements, in which the narrator feels free to tell his stories in order to contribute to the object of study of this thesis, answering the initial question: What is the influence of Sergei M. Eisenstein in your life?" The final considerations points to possible continuities of the research, since in the attempt to explore and recognize the greatest number of points of contact between artistic, cinematographic, academic, intellectual and Brazilian criticism, it was found that studying Eisenstein today is to study what is most current both in form and in content, since both its language and its theory are always accessed, then renewed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.