• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-10082016-101723
Documento
Autor
Nome completo
Simonia Fukue Nakagawa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Cordaro, Madalena Natsuko Hashimoto (Presidente)
Ishiki, Michiko Okano
Vergueiro, Waldomiro de Castro Santos
Título em português
Apropriações de elementos constitutivos do mangá: investigando Murakami e Nara
Palavras-chave em português
Basara
Kawaii
Mangá
Takashi Murakami
Yoshitomo Nara
Resumo em português
Este estudo traz para a discussão, no primeiro capítulo, o mangá como expressão artística, cujo modelo de criação se distingue dos demais quadrinhos pela pluralidade e diversidade de gêneros. São apresentados estudos sobre a linguagem visual das histórias em quadrinhos a partir de teorias ocidentais e japoneses que se correlacionam, como a forma de desenho de quadros, balões, hiatos, linhas cinéticas, metáforas visuais e suas características de linguagem universal. As linhas, planos de fundo e composições das páginas estabelecem relações com a arte tradicional japonesa dos emakimono (rolos de pintura), das xilogravuras ukiyo-e e das padronagens dos quimonos, sendo por isso analisados tais elementos. Ainda, abordam-se as onomatopeias, característica peculiar da língua japonesa que se revelam como subsídios necessários para valorizar sensações e emoções na narrativa, mesmo quando o silêncio é proposto; acentua-se também o grafismo visual que as integram à cena. Por fim, são levantadas as características na construção dos personagens, como a forma dada a corpos e olhos e as expressões faciais, que têm forte semelhança com as figuras das xilogravuras ukiyo-e, das revistas ilustradas Jojô-ga e das desenhadas por Osamu Tezuka. O segundo capítulo põe em debate o boom do mangá, animê e da cultura otaku do pós-guerra, que se apresentam para os artistas japoneses, da década de 1990, como elementos importantes para a produção de suas obras: assim se inserem os trabalhos de Takashi Murakami e Yoshitomo Nara, em suas relações com o mangá e com as artes tradicionais. Mesmo com ideais distintos, esses artistas participaram do movimento Neo Pop japonês e da exposição Super Flat (2000), e repensaram suas produções a partir da catástrofe natural de 2011. Pela dificuldade em encontrar bibliografia, muitas das informações obtidas nesta pesquisa se basearam em textos de jornais, curadores e críticos de arte ocidentais e japoneses, bem como na visitação a exposições dos artistas no Japão. Soma-se a esse capítulo a estética kawaii cujo ideal revela um universo infantilizado, que influencia as artes, se fortalece pelo fomento da indústria pop nipônica, atravessa as fronteiras para o ocidente e por isso se configura como produto de identidade nacional. As obras dos artistas supracitados dialogam com essa estética e também com a estética basara, que ostenta aquilo que é exuberante e luxuoso.
Título em inglês
Appropriation of constituent elements of the manga: investigating Murakami and Nara
Palavras-chave em inglês
Basara
Kawaii
Manga
Takashi Murakami
Yoshitomo Nara
Resumo em inglês
In its first chapter, this study arises the discussion of the manga as an artistic expression. Its creation model is distinguished from other comics by the plurality and diversity of genres. It presents studies on the visual language of comics from Western and Japanese theories which correlates, such as how to design panel, balloons, gutter, motion lines, living lines and they characteristics of universal language. The lines, backgrounds and pages compositions establish relations with the Japanese traditional art of emakimono (paint rollers), ukiyo-e woodblock prints and kimonos patterns, and have, therefore, such elements analyzed. Furthermore, approach the onomatopoeia, a peculiar characteristic of the Japanese language that reveal as necessary support to value sensations and emotions in the narrative, even when silence is proposed; it also accentuates the visual graphics that are part of the scene. Finally, the features are lifted in the construction of the characters, as the form given to bodies and eyes and facial expressions, which have strong resemblance to the woodblock ukiyo-eimages, the illustrated magazines Jojo-ga and drawn by Osamu Tezuka. The second chapter puts on the manga boom debate, anime and otaku culture of the postwar period, which are presented to the Japanese artists of the 1990s, as important elements for the production of their artworks: thus are inserted the work of Takashi Murakami and Yoshitomo Nara, in its relations with the manga and traditional arts. Even with ideal distinct, these artists participated in the movement Neo Japanese Pop and exposure Super Flat (2000), and rethought their production from natural disaster 2011. The difficulty in finding bibliography, much of the information obtained in this study were based on newspaper texts, curators and critics of Western and Japanese art, as well as visits to exhibitions of artists in Japan. Added to this chapter kawaii aesthetic ideal which reveals infantile universe, which influences the arts, strengthened by foment Nipponese pop industry, crosses borders to the West and so is configured as national identity product. The artworks of the above artists dialogue with this aesthetic and also with basara aesthetics, which boasts what is exuberant and luxurious.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-08-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.