• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-28112016-104317
Documento
Autor
Nombre completo
Rafaella Denise Lobo Pastana
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Nagae, Neide Hissae (Presidente)
Graciani, Juliana Santos
Okamoto, Monica Setuyo
Título en portugués
Da polaridade à dualidade: um estudo da obra literária Amor insensato de Jun'ichir Tanizaki
Palabras clave en portugués
Culturas
Dualidade
Interação
Japão
Junichir Tanizaki
Resumen en portugués
O presente estudo intenciona relacionar a obra literária Amor insensato do escritor japonês Junichir Tanizaki com o corpo bibliográfico utilizado da psicanálise e história. O enredo da obra de Tanizaki apresenta caráter confessional e narra a vida conjugal das personagens Jji e Naomi. Em determinados aspectos, tal relação se apresenta como uma representação da interação que se deu entre o país Japão e países culturalmente colonizadores pertencentes ao hemisfério ocidental, e aponta as noções assimiladas do Oriente como cultura pouco civilizada e por isso mesmo, incapaz de falar por si mesma em contraste a um Ocidente eleito como superior, moderno e correto em seus saberes tidos como ciências irrevogáveis. É possível observar também na obra um conjunto de dualidades presentes nas características de Jji e Naomi, assim como em suas intenções, sentimentos, emoções e escolhas. Busca-se um maior entendimento da obra através da análise do conceito de dualidade presente nas influências taoístas e budistas na cultura japonesa que em muito se diferem do conceito cristão estabelecido no Ocidente de polarização e antítese de pares como bem e mal, masculino e feminino e positivo e negativo. O conjunto de relações que se dá como a manifestação do eu com o outro propicia um rico campo de discussão interdisciplinar e constitui o cerne da socialização do homem que acaba não se realizando apenas como encontro, mas também através de diversas formas de superposicionamento em uma massa de conflitos e intolerâncias historicamente renovados em diferentes espaços e culturas. A narrativa de Tanizaki contempla a insensatez da relação de um eu ferido com um outro que é seu espelho. Aborda o profundo desafeto, a melancolia e a solidão do indivíduo inserido em uma sociedade que busca modernizar-se aceleradamente como reflexo do Ocidente.
Título en inglés
Polarity to duality: a study of the literary work amor insensato of Jun'ichir Tanizaki
Palabras clave en inglés
Culture
Duality
Interaction
Japan
Junichir Tanizaki
Resumen en inglés
This study intends to relate the psychoanalysis and history bibliographic corpus with the literary work of the Japanese writer Junichir Tanizaki, entitled Amor insensato. Tanizakis literary works plot presentes confessional features and narrates the characters Jji and Naomis marital life. Under certain aspects, this relationship takes place as a representation of interactions that occurred between Japan and Eastern cultures colonizing countries belonging to the Western hemisphere, as well as notions assimilated by Eastern cultures of them as uncivilized and therefore, unable to speak for themselves in contrast to an elected West showed as superior and modern, absolutely correct about its knowledge and sciences once regarded as irrevocable ones. It is also possible to notice in the plot a set of dualities into Jji and Naomis characteristics, as well as into their intentions, feelings, emotions and choices. Through the analysis of dualitys conception present in Taoist and Buddhist influences that took place in Japanese culture and is quite diferente from the Western Christian concept of pairspolarization and antithesis such as good and evil, male and female, positive and negative, etc. it aims a deeper comprehension of the book. The set of relations that takes place as the manifestation of "Self" with the "Other" provides a wide field of interdisciplinary discussion and composes the core of men socialization which does not happen only as a meeting, but also as a mass of many forms of super positioning conflicts and intolerance historically renovated in different spaces and cultures. Tanizaki´s narrative includes the insensate relationship between a hurt Self with an other one who is just his mirror. It approaches a deep disaffection, melancholy and solitude of an individual inserted in a society that looked for fast modernization as Wests reflection.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-11-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.