• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-15052013-085713
Documento
Autor
Nome completo
Anath Czeresnia Wakrat
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Amâncio, Moacir Aparecido (Presidente)
Iavelberg, Rosa
Schvartzman, Gabriel Steinberg
Título em português
Ideologia e gerações em Aharon Megued: estudo sobre a personagem do imigrante judeu e o nativo de Israel no início do estado
Palavras-chave em português
Identidade
Nome
Sociedade
Resumo em português
O conto Yad Vashem, do escritor israelense Aharon Megued, publicado em 1955, narra a história do avô Ziskind, originário da Ucrânia, que residia em Israel. Quando Ziskind soube que sua neta Raia estava grávida, pediu que ela desse para o filho que ia nascer o nome de Mêndele, caso fosse homem. A partir daí começa a discussão sobre a escolha de um nome típico da tradição europeia, defendido pelo avô, que se apresenta como um estranho para a família, ou um nome israelense, próprio de uma ideologia sionista, exigido pela neta. Esse conflito geracional revela uma crise de identidade profunda entre o imigrante e seus descendentes que se resume no choque entre o antigo e o novo, retratando as diferentes ideologias de um povo.
Título em inglês
Ideology and generations in Aharon Megued: study on the character of the Jewish immigrant and the Israeli native in the beginning of the state
Palavras-chave em inglês
Identity
Name
Society
Resumo em inglês
The tale Yad Vashem, of the Israeli writer Aharon Megued, published in 1955, tells the story of the grandfather Ziskind, from Ukraine, who resided in Israel. When Ziskind knew that his granddaughter Raia was pregnant, asked that she gave the name for her son who would be born Mendele, if he were a boy. From this, starts a discussion about the choice of a typical name of the European tradition, defended by the grandfather, who presents himself as a strange to the family, or an Israeli name, pertaining to a Zionist ideology, demanded by the granddaughter. This conflict reveals a deep identity crisis between the immigrant and his descendants which is summed up in the shock between the old and the new, showing the different ideologies of a people.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.